Bombeiros de Maringá que participaram do combate aos incêndios na Amazônia em 2019 recebem medalha

Por: - 9 de junho de 2020
Da esquerda para direita: Tenente Manoel; Tenente-Coronel Adriano, Comandante do 5º Grupamento de Bombeiros; Subtenente Trindade; Soldado Dorival; Soldado Lisboa / Comunicação Social 5º GB

Bombeiros militares paranaenses que participaram do combate aos incêndios na Amazônia durante a operação “Verde Brasil” do Governo Federal, em setembro de 2019, foram homenageados na sexta-feira (5/6). Os bombeiros receberam a medalha “Operações em Incêndios Florestais” em cerimônia na sede do 2º Comando Regional Bombeiro Militar em Londrina.

Quatro bombeiros do 5º Grupamento de Bombeiros de Maringá que participaram da operação também foram homenageados. São eles o 1º tenente Rodrigo Manoel dos Santos, o subtenente Wagner da Silva Trindade, o soldado Dorival Graciano Junior e o soldado José Alexandre Lisboa.

No total, 30 bombeiros do Paraná integraram a operação Verde Brasil e ajudaram no combate aos incêndios. Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgados pelo portal UOL, o número de queimadas na Amazônia aumentou 30% no ano passado em comparação com 2018.

No ano passado, foram registrados 89.178 focos, contra 68.345 no período anterior. Na década, 2019 foi o terceiro ano com maior número de focos de queimadas registradas, atrás de 2017 (107.439) e 2015 (106.438).

As equipes passaram 15 dias combatendo os focos de incêndio na Amazônia. Para o 1º tenente do 5º Grupamento de Bombeiros de Maringá, Rodrigo Manoel dos Santos, a operação foi marcante. Há 20 anos na corporação, ele afirma que a experiência na Floresta Amazônica foi a mais emblemática da carreira.

O tenente atuou na Serra do Cachimbo, no sul do Pará. Segundo ele, a área tinha locais de difícil acesso e com focos de grande extensão. O trabalho para conter as chamas era manual. Em alguns locais, o acesso só era possível com a ajuda de helicópteros.

“Fica a experiência marcante de participar de uma operação de grande porte como aquela, com outras equipes do país integradas. Foi uma experiência marcante e especial nas nossas vidas, tivemos sucesso na área que fomos designados e o Paraná e outras equipes conseguiram se destacar nos trabalhos”, diz Rodrigo dos Santos.

No 2º Comando Regional Militar, 10 bombeiros aceitaram participar da operação “Verde Brasil” como voluntários. “Era uma área que nos despertava bastante interesse e tínhamos o intuito de ajudar também, seria uma coisa completamente nova do que estávamos acostumados no nosso dia a dia. Se somou a vontade de ajudar, de aprender e a vontade de viver uma experiência completamente nova”, diz o tenente.

A medalha “Operações em Incêndios Florestais” é concedida pelo Comando do Corpo de Bombeiros do Paraná para militares e civis que tenham se destacado em operações de incêndios florestais e para aqueles que tenham participado de ações preventivas ou de combate a incêndios ambientais.

“A equipe se sente reconhecida pelo esforço e dedicação. [A cerimônia] é um momento que a gente consegue se reunir e rever os colegas combatentes que participaram da operação. A medalha é um meio que sempre vai nos trazer lembranças e recordações de que participamos dessa operação”, afirma o 1º tenente Rodrigo Manoel dos Santos.

Equipe de 30 bombeiros militares do Paraná participaram da operação Verde Brasil em 2019 / Comunicação Social 5º GB

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.