Sanepar alerta para falta de água em bairros perto da Avenida Cerro Azul

Por: - 20 de maio de 2020
Funcionário faz a medição do consumo de água / Agência Estadual de Notícias

A Sanepar informa que a execução das obras de revitalização na Praça Todos os Santos, no cruzamento das avenidas Cerro Azul e Juscelino Kubitschek, em Maringá, pode causar a falta de água em áreas próximas ao local. Por conta das interferências na rede de distribuição, o  abastecimento vai ser interrompido nesta quinta-feira (21/5), a partir das 8 horas. Mais de dez bairros próximos à Avenida Cerro Azul podem sofrer com a falta de água.

A paralisação no fornecimento de água pode afetar os bairros Jardim Social, Vila Cleópatra, Novo Horizonte I, II, III, IV e V, Jardim Cerro Azul, Vila Emília, Jardim Itapuã, Condomínio Villagio Bourbon, Vila Marumbi, Jardim Tabaetê I e II, Chácara Assaí e Chácara Paulista.

Newsletter Briefing
O que aconteceu de importante em Maringá, todo início de noite no seu email.
Saiba mais ou cadastre-se:

A previsão é de que o abastecimento se normalize, gradativamente, no decorrer da madrugada de sexta-feira (22/5).

Em situações como esta, a orientação é para que os moradores usem racionalmente a água e evitem desperdícios.

“Lembramos que clientes que possuem caixa-d’água domiciliar podem não ser afetados pelo desabastecimento”, avisa a empresa. A Sanepar lembra que, de acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), cada imóvel deve ter caixa-d’água com capacidade para atender as necessidades dos moradores por, no mínimo, 24 horas. O reservatório domiciliar deve armazenar pelo menos 500 litros, o que evita a falta de água em situações como essa.

O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115, que funciona 24 horas. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula

No aplicativo Sanepar Mobile os clientes também podem consultar sobre  falta de água. É só baixar o aplicativo e cadastrar a matrícula do imóvel.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.