Boletim desta segunda traz mais 27 casos positivos. São 183 confirmações

Por: - 18 de maio de 2020

O boletim diário sobre o novo coronavírus divulgado nesta segunda-feira (18/5) pela Prefeitura de Maringá traz mais 27 casos positivos. No total, agora são 183 confirmações na cidade, que registrou mais 28 casos no fim de semana.

Os números não incluem a testagem positiva em pacientes do Hospital Psiquiátrico, que foi interditado nesta segunda-feira (18/5), mas inclui 18 funcionários da unidade que moram em Maringá e mais nove casos registrados em outros locais da cidade.

Dos casos positivos, seis pacientes recebem o tratamento em hospitais. Quatro estão em enfermarias e dois se encontram em UTIs. O boletim desta segunda (18/5) corrige uma informação divulgada no fim de semana. Das 28 notificações de casos confirmados, quatro eram de moradores de outras cidades.

Fora a situação do Hospital Psiquiátrico, os nove novos casos positivos desta segunda se referem a 2 crianças (de 1,9 e 3 anos), 3 mulheres (de 38, 42 e 61 anos) e 4 homens (de 25, 39, 43 e 72 anos).

O documento divulgao nesta segunda (18/5) corrige um dado informado no boletim de domingo (17/5): 4 notificações de confirmados eram de residentes de outras cidades. Por isso, a soma correta do boletim desta segunda é de 183 e não 187 casos.

A interdição do Hospital Psiquiátrico ocorreu, segundo nota oficial da prefeitura na manhã desta segunda-feira, após seis pacientes testarem positivo e outros dez apresentarem sintomas. As visitas foram suspensas, assim como a internação de outros pacientes.

Segundo a Secretaria de Saúde, os casos surgiram na unidade hospitalar após uma paciente, que chegou de Cascavel, apresentar sintomas da Covid-19. Depois de realizar o exame, ela testou positivo para a doença.

A secretaria informou ainda que 70 funcionários, de diferentes áreas, que tiveram contato com esses pacientes,  fizeram a coleta para o exame, mas o resultado de todos ainda não ficou pronto, pois foi encaminhado para o Laboratório Central do Estado, o Lacen, em Curitiba.

De acordo com a secretaria, a expectativa é realizar os exames da Covid-19 em todos os 200 funcionários e 240 pacientes do hospital psiquiátrico.

Segundo o prefeito Ulisses Maia (PSD), apesar da grande quantidade de pessoas confirmadas e com suspeitas, a situação está sob controle, pois todos estão isolados. Mesmo assim, o caso exige muito empenho e preocupação, informou Maia.

A cidade contabiliza seis óbitos e há dez pacientes com casos positivos internados, sete em enfermarias e três em UTIs. São 97 os casos encerrados, de pacientes recuperados.

Também há 289 pacientes suspeitos em situação de isolamento domiciliar monitorados pela Secretaria de Saude. E tem outros 18 pacientes com suspeita internados, 17 adultos e uma crianças. Entre os adultos, cinco estão em UTIs e doze em enfermarias. As criança está em uma enfermaria.

Dos 3335 casos notificados em Maringá desde março, 2749 foram encerrados.

Nesta segunda, a de Maringá divulgou o 7º boletim epidemiológico com informações sobre a distribuição da doença nos bairros, entre as profissões e a escala de contágio na cidade.

Observa-se uma variabilidade entre intervalos de tempo com a duplicação da notificação dos casos suspeitos, apresentando uma
variabilidade de dois a quatro dias, entre os dias 15 a 31 de março de 2020. Após este período, os intervalos de duplicação dos casos notificados se estenderam entre 13 a 22 dias, o que vem ressaltar o resultado das medidas de contenção de fluxo populacional pela adoção do distanciamento social adotado pelo município desde o dia 20 de março de 2020, por meio da deliberação dos decretos municipais. “Seguindo o raciocínio de duplicação das notificações, há um mês (15/04/20) teríamos um total de 163.840 notificações, reafirmando a importância do distanciamento social e diminuição do contato entre as pessoas”, diz o estudo.

“Considerando que os casos de COVID-19 levaram quatro dias para dobrar antes da adoção do distanciamento social, o município poderia apresentar atualmente 10.240 casos positivos aproximadamente”, pondera outro trecho do boletim epidemiológico.

 

 

 

 

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.