Médicos da Graça de Maringá gravam vídeo para orientar crianças sobre como lavar as mãos

Por: - 24 de abril de 2020
Um dos personagens do vídeo dos Médicos da Graça / Divulgação UEM

Sem poder visitar hospitais para fazer o trabalho de resgate da autoestima das crianças internadas, os Médicos da Graça em Maringá resolveram elaborar um vídeo orientando o público infantil sobre como lavar as mãos corretamente em tempos de pandemia do Coronavírus.

Na gravação, os clows (palhaço em inglês) do projeto ligado à Universidade Estadual de Maringá (uEM) começam por ensinar a abrir a torneira, suavemente, visando a não desperdiçar muita água, para, em seguida, a mão molhada, com sabão ou sabonete, dar início à lavação propriamente dita.

Atrizes e atores se revezam no refrão “lava uma mão, lava a outra” até o final do vídeo. Tudo é embalado com muita dança e coreografia.

Como explica Daísa Tigre, da diretoria do projeto e atriz do grupo, o objetivo do material é incentivar as crianças sobre a prática correta de lavar as mãos.

Esta é a principal maneira de evitar a contaminação e o acometimento da Covid-19, doença causada pelo novo vírus.

Criado em 2006, a título de projeto de extensão, o “Médicos da Graça” surgiu com o intuito de promover a ida dos atores e atrizes caracterizados de palhaços aos hospitais universitário, da UEM, Santa Casa e ao Hospital Municipal, e, ainda, às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

A proposta fundamental sempre foi a de contribuir, por meio da performance clown, para a redução do sofrimento da criança hospitalizada, reforçando os preceitos da atenção humanizada, utilizando o lúdico para devolver ao paciente pediátrico o direito inalienável de ser, simplesmente, criança.

A execução do projeto explora o potencial do trabalho interdisciplinar, reunindo os conhecimentos da atividade artística, como o teatro, a música e a dança, com o das ciências da saúde.

De caráter multidisciplinar, o projeto conta com a participação de alunos de diferentes cursos, professores, agentes universitários e pessoas da comunidade externa.

O grupo também se apresenta em creches e escolas, tendo a coordenação ligada ao Departamento de Enfermagem (DEN) e à Diretoria de Cultura (DCU), da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PEC).

Conforme a professora do Departamento de Enfermagem, Cely Cristina Martins Gonçalves, coordenadora do projeto, a pretensão é continuar a produção de vídeos com temáticas incluindo a saúde e também a alegria.

O vídeo que pode ser assistido abaixo e outras informações sobre o trabalho dos clows na página do Facebook e no Instagram @medicosdagraca_maringa.

Lavar as mãos

👐 Pensando nesse momento que estamos vivenciando e no nosso dia a dia os palhaços do Médicos da Graça fizeram um vídeo ensinando a lavar as mãos@ciaosfantasticos@vinicionoda @jessica_kyta_ @daisatigre @artedekelly @dra.formiguete @natnatinath @larix_vieira @oficialuem @uemtv#lavarasmaos #palhacos #coronavírus #cuidado #criança #crianças #hospital #cuidados

Posted by Médicos da Graça on Thursday, April 16, 2020

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.