Instituto Senai em Maringá vai trabalhar no conserto de respiradores mecânicos

Por: - 31 de março de 2020
Vista aérea do Instituto Senai de Maringá / Divulgação

Para ajudar na preparação das unidades hospitalares do Paraná, o Instituto Senai em Maringá passa a trabalhar no conserto de respiradores mecânicos.

A ação desenvolvida pelo Senai no Paraná pode contribuir no combate à Covid-19 no Estado, devolvendo respiradores mecânicos que estavam danificados e fora de operação a hospitais paranaenses.

Seguindo uma iniciativa nacional do Serviço Nacional de Aprendizagem, o Instituto Senai de Tecnologia em Metalmecânica de Maringá está recebendo aparelhos que estejam nessas condições para a realização de manutenção.

A expectativa é que possam ser utilizados novamente, atendendo casos de pacientes com forte insuficiência respiratória, uma das consequências da Covid-19.

“Desde que iniciamos esta ação, recebemos a demanda de um hospital de Maringá e um de Londrina, mas esperamos contribuir ainda mais com essa iniciativa”, afirma a coordenadora de Tecnologia e Inovação do Instituto, Lídia Gomes Mendonça.

De acordo com ela, qualquer hospital que tenha algum equipamento desses parado e queira realizar a manutenção pode entrar em contato com o Instituto para solicitar o serviço, pelo e-mail [email protected].

“Já estamos levantando parcerias com fornecedores para o caso de necessidade de troca de peças, para que a manutenção seja feita em sua totalidade. Assim, os hospitais só precisam providenciar a desinfecção e o transporte dos aparelhos, para que eles cheguem até nós, para a realização da manutenção”, explica Lídia.

Após manutenção, os respiradores estarão novamente à disposição dos hospitais. O tempo para devolução do equipamento já pronto para ser utilizado novamente, no entanto, depende das condições em que o aparelho chegar ao Instituto.

No Paraná, além do Instituto de Tecnologia em Metalmecânica, a Renault também está participando da ação, oferecendo suporte técnico em Curitiba, para o serviço realizado pelo Instituto Senai em Maringá.

Em todo o Brasil, estima-se que cerca de 3,6 mil ventiladores pulmonares estão fora de operação, de acordo com a LifesHub Analytics e Associação Catarinense de Medicina (ACM).

Localizados em regiões estratégicas, os Institutos Senai, como o de Maringá,  fazem parte de uma rede nacional e contam com equipe técnica altamente especializada e laboratórios equipados com tecnologia de ponta para apoiar as indústrias no avanço da pesquisa e da inovação, tendo como missão apoiar a indústria nos desafios tecnológicos e de produtividade.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.