Crianças atendidas no Hospital Universitário de Maringá participam da Folia na Pediatria

Por: - 19 de fevereiro de 2020
Profissionais envolvidos na Folia da Pediatria de 2020 no Hospital Universitário de Maringá /Divulgação

O carnaval chegou mais cedo para os pacientes mirins do Hospital Universitário de Maringá (HUM). Nesta quarta-feira (19/2), a garotada fez a festa na Folia na Pediatria. A alegria contagiou médicos, enfermeiros, pais e pacientes do setor pediátrico do hospital.

O pediatra do HUM e um dos organizadores do evento, doutor Edson Arpini Miguel, foi responsável pela música, ao lado do residente da pediatria, João Ricardo Azevedo Silva.

Esse ano, não teve som eletrônico, as marchinhas, sambas enredo e muitos outros ritmos foram cantados pelos integrantes do bloco do HUM.

Há quatro anos, a equipe do Hospital começou a mobilizar familiares, crianças e os funcionários da enfermaria de pediatria durante a semana do carnaval.

A festa é feita porque se sabe que a mudança de rotina pode impactar de forma positiva a recuperação dos pacientes.

“Quando terminamos a festa, nitidamente vemos que a postura da maioria das pessoas e da família muda com relação ao laço que acaba sendo criado com a equipe, isso é muito interessante”, destaca Arpini Miguel.

Mãe do paciente Gustavo França, Agda concordou com o médico. “Meu filho estava todo quieto. Ontem, ficamos sabendo que ia haver carnaval. Hoje (quarta-feira), com a movimentação por aqui ele está super empolgado. Doido para ir para o corredor e mostrar a fantasia que o pessoal emprestou para ele”.

Kauan Rocha, que estava fazendo nebulização ao lado da avó, dona Maria, perguntava de 30 em 30 segundos: “acabou? Posso ir”. Até a tímida Izabela Chicoski se soltou na manhã desta quarta-feira. Vestiu a fantasia e festou com a mãe Ana Paula Cicoti. “Ela está super animada, bem diferente de ontem, tudo por causa do carnaval”, disse.

E teve gente que veio de fora para a festa. Pietro Oliveira veio com a mãe Juliana e o irmão Joaquim. Eles foram convidados pelo doutor Arpini, que cuida de Pietro desde que ele nasceu prematuro no HUM, há seis anos. “Não podíamos perder o carnaval e deixar de voltar aqui no HUM, onde sempre fomos muito bem atendidos”.

A folia na Pediatria envolveu s crianças internadas na enfermaria e no Pronto Atendimento. O grupo organizador da festa também foi até o Ambulatório de Especialidades, onde havia um monte de meninos e meninas em consulta.

A festa terminou no Solário do HUM. Ali os organizadores cantaram Cidade Maravilhosa, música famosa por fechar os carnavais. Depois disso, a foto oficial da Folia registrou a presença de dezenas de pessoas, muito animadas, por sinal. O encerramento se deu com a promessa do doutor Arpini: “Ano que vem tem mais”, anunciou o pediatra.

A Folia na Pediatria é promovida pela Assessoria de Ensino, Pesquisa e Extensão do HUM e conta apoio de voluntários de dentro do hospital, principalmente, dos Médicos da Graça, do Projeto Corredor de Leitura e da Capelania Infantil.

Veja abaixo os vídeos da Folia na Pediatria.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.