Jovem da região de Maringá cria jogo de narguilé online e conquista 10 mil jogadores

Por: - 7 de fevereiro de 2020
No aplicativo, jogadores podem montar o narguilé e competir com outros jogadores / Agência Brasil

Comum entre jovens, o consumo de narguilé movimenta tabacarias e espaços com música em Maringá. Agora, o consumo desse cachimbo com água e que traz um fumo especial, feito com tabaco, também se tornou um jogo para celular em que os usuários podem comprar tabacarias, montar o narguilé e batalhar com outros jogadores.

Primeiro jogo de narguilé online, o Hookah Game foi desenvolvido por Murilo Caetano Figueiredo, de 21 anos. Morador de Paiçandu, na região metropolitana de Maringá, ele conta que estava em uma roda de amigos consumindo narguilé quando surgiu a ideia.

“Eu comecei a imaginar como seria se a gente pudesse fumar e batalhar em um jogo de narguilé. Já trabalhava no ramo de criação de sites e aplicativos e aos poucos fui desenvolvendo a ideia”, diz Murilo Figueiredo.  

O jogo começou a ser desenvolvido em 2018 e a fase de testes ocorreu em 2019. O lançamento oficial ocorreu no começo de 2020. O aplicativo tem hoje mais de 10 mil downloads e mais de 6 mil jogadores ativos diariamente, mesmo sem nenhuma divulgação. Por enquanto, o jogo está disponível apenas para Android (acesse aqui). 

No aplicativo, os jogadores podem comprar tabacarias, acessórios para o narguilé, montar o narguilé e batalhar contra outros jogadores. Além disso, há um hospital e uma academia dentro do jogo para que os jogadores possam recuperar saúde e energia perdidas durante as batalhas de narguilé. 

Criado na Índia no século 16, o narguilé é popular em países do sudeste asiático, do norte da África e do mediterrâneo Oriental. No entanto, desde os anos de 1990, o consumo vem se popularizando entre jovens brasileiros, norte-americanos e de parte da Europa. Apesar da popularização, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta para a dependência da nicotina e o consumo de outras formas de tabaco. 

Segundo a OMS, o uso do narguilé aumenta o risco de desenvolvimento de câncer e de outras doenças cardiovasculares e infecciosas. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) afirma que em uma hora de uso de narguilé a pessoa inala o equivalente à fumaça de 100 a 200 cigarros

O criador do jogo, Murilo Caetano Figueiredo, reconhece que “todo tipo de produto relacionado ao tabaco faz mal a saúde”, mas diz que não se deve acreditar em tudo que falam sobre o narguilé. “Está em alto crescimento e desbanca os outros concorrentes como empresas de cigarros que está menos populares entre os jovens, ao contrário de antigamente.”

Para Murilo Figueiredo, outros jogos também podem oferecer riscos à saúde. Segundo ele, há público para tudo, e o jogo utiliza os processos legais dentro do Google Play para ser aprovado com faixa etária correta. “Candy Crush, que é um dos jogos mais baixados de todos os tempos para celulares, utiliza açúcar e a gordura hidrogenada que podem fazer muito mal para saúde e existe, não?”, questiona.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.