Dezenas de árvores caíram em temporal com ventos de até 62,5 km/h em Maringá

Por: - 16 de janeiro de 2020
Árvore caída na Avenida Nóbrega, na Zona 4 / Divulgação Defesa Civil

Foram apenas 5,2 milímetros de chuva entre às 13 horas e 14 horas desta quinta-feira (16/1), mas os ventos chegaram a 62,5 km/h, segundo informações da Estação Climatológica do Simepar, em Maringá.

O resultado do temporal foi a queda de 30 árvores e cerca de 6 mil unidades consumidoras da Copel ficaram por algum momento sem energia elétrica. O motivo é que a queda dos galhos e árvores causaram algum dano em 127 pontos diferentes da cidade.

Houve registros de queda de árvores próximo ao Cemitério Municipal, na Avenida Nóbrega, na Zona 4, e na Rua Guadalajara, na Vila Morangueira, onde um veículo e uma casa foram danificados.

A Defesa Civil de Maringá informou que recebeu 46 chamadas. Em três casos, foi feita a distribuição de lonas e, além das 30 árvores caídas, também ocorreu a queda de 17 galhos de grande porte.

Na Rua José Raimundo Oliveira esquina com Rua Celeste Fadel no Jardim São Silvestre, a fachada de um estabelecimento comercial não resistiu à força do vento.

Até as 20 horas desta quinta-feira (16/1), a Defesa Civil de Maringá não havia divulgado a quantidade de veículos e residências atingidas pelo temporal. Ninguém teria ficado ferido.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.