Lava-jato é embargado por fiscais da Secretaria de Meio Ambiente de Maringá

Por: - 8 de janeiro de 2020
Fiscais fazem a interdição da empresa na Rua 28 de Julho / Aldemir de Moraes/PMM

A Secretaria de Meio Ambiente e Bem Estar Animal (Sema) embargou na manhã desta quarta-feira (8/1) um lava-jato localizado na Rua 28 de Junho, na Vila Morangueira.

De acordo com os fiscais da Sema, a empresa está com alvará vencido, não realiza a separação e destinação adequada de resíduos, entre outros problemas.

A Sanepar informou que a empresa tem débitos desde 2016, está com abastecimento de água cortado, mas tem água para os serviços no local.

Equipes da Vigilância Sanitária e da Diretoria de Bem Estar Animal também vão fazer uma vistoria no local. O motivo é que foi localizado no local um recipiente grande com água parada e com focos do Aedes Aegypti.

Também foram localizados três cachorros e três filhotes no local. “Além da documentação, a empresa não tem condições de fazer atendimento”, afirmou o gerente da Sema, Ivan Zakaluk.

O gerente conversou por telefone com dono da empresa, que informou estar interessado em procurar a Prefeitura de Maringá para regularizar a situação.

O lava-jato foi embargado e teve o portão lacrado pelos fiscais. Se a interdição for  descumprida e a empresa voltar a trabalhar sem a devida regularização, novas penalidades vão ser aplicadas, o que inclui uma multa diária de R$ 1,8 mil.

O agente técnico da Sanepar, Daniel Pansarini, informou que uma equipe da companhia também vai vistoriar a empresa para verificar se ocorre o uso irregular da água.

O trabalho contou com o apoio da Guarda Municipal. Havia cinco veículos no pátio da empresa e um funcionário trabalhava no lava-jato. A empresa atua com serviços de  lavagem e polimento.

Na quarta-feira (22/1) a Prefeitura de Maringá informou que o Lava-Jato na Vila Morangueira teve autorização para retomar as atividades. Segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal (Sema), o proprietário regularizou todas as pendências.

  • Reportagem atualizada às 19h da quarta-feira (22/1) com a informação de que a empresa foi reaberta com as pendências regularizadas.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.