Sem influência de fenômenos climáticos, verão começa domingo com promessa de calor e chuvas próximas à média

Por: - 17 de dezembro de 2019
Dias chuvosos e com temperaturas agradáveis devem dar espaço ao sol forte e calor com a chegada do verão / Agência Brasil

O verão 2019/2020 não será parecido com o clima chuvoso e de temperaturas agradáveis registrado nos últimos dias em Maringá. Sem a influência dos fenômenos climáticos El Ninõ e La Niña, os meteorologistas preveem uma estação com características típicas de verão: calor, sol forte e chuvas rápidas no fim de tarde.

O verão começa na madrugada de domingo (22/12), à 1h19, e termina no início da madrugada de 20 de março de 2020, à 0h50. Diferentemente do último verão, marcado pela presença do fenômeno climático de superaquecimento das águas do Oceano Pacífico, chamado El Niño, o verão 2019/2020 não terá a influência de fenômenos climáticos.

“Será uma estação típica, porque não tem nenhum fenômeno climático de grande escala que pode alterar o clima e a quantidade de chuvas”, afirma o meteorologista do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), Reinaldo Kneib.

Segundo ele, as temperaturas mínimas na região de Maringá devem ficar na casa dos 18° e as máximas vão variar entre 28° e 30°, com picos de 34° e 35°. Reinaldo Kneib diz que esse cenário característico de verão vai se tornar mais frequente a partir da próxima semana, quando o período chuvoso e de temperaturas agradáveis tende a terminar.

De acordo com Kneib, as chuvas devem ficar bem próximas da média para a estação. Em janeiro e fevereiro são previstos por volta de 225 mm e 200 mm, respectivamente. No mês de março, a média é menor, e as chuvas variam entre 150 mm e 175 mm.

“Chove todos os dias, mas não aquela chuva intensa e volumosa, mas é uma chuva que pode causar transtorno em grandes centros urbanos. A gente não espera seca no sul do Brasil”, afirma o metrologista do Simepar.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.