PR-323 fica fechada no começo da tarde desta terça-feira para detonação de rochas perto de Água Boa

Por: - 16 de dezembro de 2019

A rodovia PR-323 vai ser interditada nesta terça-feira (17/12), das 14h às 15h, para mais um trabalho de detonação de rochas perto de Água Boa, distrito de Paiçandu.

As explosões vão ser realizadas no quilômetro 162. Nos primeiros 30 minutos com o tráfego interrompido, vão ser acionados os explosivos. O restante do tempo é necessário para a limpeza da pista e acostamentos.

A detonação de rochas é parte dos serviços de duplicação de 20 quilômetros da PR-323 entre os municípios de Paiçandu e Doutor Camargo.

Já foram feitas oito detonações de rochas no trecho, em 28 de agosto, 2, 13 e 23 de setembro, 14 e 18 de outubro, 7 de novembro e no dia 2 de dezembro.

Os serviços em várias etapas têm o objetivo de garantir a segurança dos trabalhadores e evitar danos à infraestrutura existente.

A duplicação da rodovia, contratada por R$ 73,48 milhões, é realizado pela Torc – Terraplenagem, Obras Rodoviárias e Construções Ltda, que venceu licitação em 2018. Toda a obra tem previsão de conclusão para outubro de 2020.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) recomenda que os motoristas utilizem rotas alternativas. As informações têm como base quem vai pegar a estrada a partir de Maringá.

  • Para Doutor Camargo: sair de Maringá pela PR-317 até a PR-551, passar por Ivatuba e continuar na rodovia até chegar em Doutor Camargo.
  • Para Cianorte: sair de Maringá pela PR-317 até Engenheiro Beltrão e seguir pela PR-082 até Cianorte.
  • Para Umuarama: sair de Maringá pela PR-317 e continuar pela PRC-158 até Campo Mourão e seguir pela BR-487 (estrada Boiadeira) até Cruzeiro do Oeste, onde tem o acesso à PR-323 até Umuarama.

A empresa responsável vai analisar a situação das rochas e agendar novas detonações, conforme a necessidade.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.