Centro de Ação Cultural vai ser reinaugurado no dia 19. Espaço recebe piano de Joubert de Carvalho

O piano está em processo de tombamento para se tornar patrimônio histórico da cidade.

Por: - 12 de dezembro de 2019
O piano foi fabricado em 1899 e pertenceu ao compositor Joubert de Carvalho / Divulgação

Restaurado em Curitiba, o piano de Joubert de Carvalho ganha uma casa nova. O instrumento histórico vai ficar no Centro de Ação Cultural (CAC), previsto para ser reinaugurado na noite do dia 19 de dezembro. 

O prédio histórico, localizado na esquina da Avenida XV de Novembro com a Avenida Getúlio Vargas, e inaugurado em 30 de novembro de 1975 começou a ser reformado no primeiro semestre de 2018.

A construção é parte do patrimônio histórico do município e abrigou por várias décadas a Biblioteca Municipal Professor Bento Munhoz da Rocha Neto e também a Secretaria de Educação e de Cultura.

O piano fabricado em 1899 e que pertenceu ao compositor Joubert de Carvalho, autor da música Maringá sempre ocupou o espaço e, agora, com a revitalização do imóvel, volta para a cidade. 

O piano passa atualmente por um processo de tombamento para se tornar um patrimônio histórico da cidade.

“O instrumento tem uma importância histórica com a cidade de Maringá porque foi nele que o compositor Joubert de Carvalho teria escrito a canção Maringá, em 1932. Foi a canção que deu nome à cidade que apareceu no mapa pela primeira vez em 1938”, disse o secretário de cultura Miguel Fernando.

O instrumento pesa aproximadamente 280 kg, tem 1,80 m de comprimento, 95 cm de  altura e 1,47m de largura. O piano é do tipo meia cauda e possui 88 teclas e três pedais. 

Além da troca de peças, como cravelhas e martelos, o piano também ganhou uma pintura nova. Uma equipe especializada em transporte de instrumentos e um afinador profissional vieram de Curitiba para trabalhar a afinação do instrumento, processo que levou cerca de duas horas para ser concluído. 

Em relação ao Centro de Ação Cultural, o secretário de Cultura afirmou que o imóvel está completamente restaurado e pronto para ser usado integralmente. Foi feita a reforma de 2 mil m² e a ampliação de 46,88 m². O valor investido foi de aproximadamente R$ 3,2 milhões.

Atualmente, o CAC conta com mais de mil alunos de Maringá e região e oferece oficinas gratuitas nas áreas de artes visuais, artes cênicas, dança e música. Temporariamente, o CAC funcionou em um imóvel alugado na Avenida Paraná.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.