Grafiteiros levam arte de forma voluntária para muros das casas na Zona 6 em Maringá

Por: - 29 de novembro de 2019

Muros de casas na Zona 6 em Maringá ganharam cores com o trabalho de grafiteiros. A iniciativa surgiu de um grupo de quatro artistas, Frank Paris, Mateus Rosa, Mel Ramos e Rafael Dure, que decidiram espalhar a arte pela cidade. Além de deixar o bairro mais colorido, a atividade é uma forma de divulgar os trabalhos dos artistas.

De acordo com um dos grafiteiros e artista visual, Mateus Rosa, a ideia partiu da admiração que havia entre eles em relação aos trabalhos de cada um. A partir disso, decidiram unir as criatividades em busca de lugares para grafitarem juntos. 

O grupo também já pintou o muro do colégio estadual Theobaldo Miranda Santos, localizado na Zona 3. Mateus conta que a diretora do colégio autorizou a arte no muro em 2017, quando ele estava no último ano da faculdade.

Segundo o artista, no mesmo dia em que pintaram o muro da escola, um dos artistas do grupo, Rafael Dure, conseguiu permissão para grafitarem o muro de uma casa na Zona 6. “A ideia é pintar por toda a cidade. Na Zona 6, as pessoas adoraram tanto que estão chamando a gente mais vezes para pintar”, disse.

Muro do colégio estadual Theobaldo Miranda Santos grafitado pelos artistas

Matheus é de Peruíbe, litoral sul de São Paulo e mora em Maringá há quase nove anos. O trabalho com o grafite começou em 2012, mas ele conta que pinta e desenha desde os sete anos. Ele conta que até então, pintava mais em casa e para os amigos, mas sabia desde que começou a desenhar, que era o grafite que queria levar como carreira.

“Me inspiro em tudo. Sigo muitos artistas, o que me ajuda a ser mais ativo na criação. A inspiração vem de sentimentos, filmes, músicas, amigos, família, tudo ao meu redor.”

Mateus contou que todos os locais grafitados são autorizados pelos proprietários e que alguns até sugerem ideias dos desenhos que gostariam de ter nas casas. Ainda de acordo com ele, após verem o trabalho do grupo, os proprietários fazem encomendas para outros trabalhos.

Para Mel Ramos, os trabalhos precisam passar uma mensagem positiva para as pessoas. Além do grafite, ela também trabalha com lettering e disse que é por meio da arte que deixa alguma frase para quem passar pelo local. “Eu escrevi amar a si em um dos muros porque acho que ter auto amor e auto compreensão são práticas que deveriam se espalhar mais por nossa sociedade”, disse.

Mateus Rosa afirma que apesar da iniciativa ser recente, a intenção do grupo é pintar cada vez mais, não somente na Zona 6, mas em outros bairros da cidade. Quem quiser convidar os artistas para um novo desafio, os telefones de contato são: Matheus (44) 99124-2402, Mel (44) 98805-4159, Frank (44) 99940-7073, Rafael (44) 99765-6201. E para quem quiser acompanhar os trabalhos de perto, é só acessar o instagram, Mateus, Mel, Rafael e Frank.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.