Repasse de R$ 25 milhões garante continuidade das obras do Hospital da Criança de Maringá

Por: - 17 de novembro de 2019
Obras do Hospital da Criança de Maringá / Geraldo Bubniak/AEN

O Governo do Estado liberou mais R$ 25 milhões para a continuidade das obras do Hospital da Criança de Maringá. Prevista para ser inaugurada no primeiro semestre de 2020, a unidade vai ter 160 leitos, 20 deles de UTI. A construção tem 23 mil m².

O atendimento vai incluir 21 especialidades médicas pediátricas, como oncologia, ortopedia, cardiologia, gastroenterologia e endocrinologia.

O repasse dos R$ 25 milhões foi formalizado pelo secretário de da Saúde do Paraná, Beto Preto. Esta foi a terceira parcela de recursos para a construção do hospital. Até o começo de 2020 é aguardado mais um aporte de R$ 25 milhões do Governo do Paraná.

“A obra não ficou esquecida. A população da região necessita desse tipo de atendimento”, afirmou o secretário. A previsão total de investimentos é de R$ 153 milhões.

“Depois de pronto, o hospital vai contar com uma equipe preparada e de alto nível”, disse Beto Preto. Reuniões serão feitas com o Ministério da Saúde e com os municípios da região para definir o custeio do hospital.

Ulisses Maia, prefeito de Maringá, destacou que a região Noroeste não conta hoje com atendimento oncológico para as crianças. “Hoje, as crianças precisam ser levadas a Curitiba. Com a nova unidade as famílias da região terão mais conforto”, disse Maia.

O Hospital da Criança de Maringá é o 12° do país construído em parcerias governamentais com a Organização Mundial da Família (OMF). O último foi implantado em Brasília. Os recursos foram viabilizados pelos governos federal e estadual, pela OMF e pelo município.

Para a presidente da OMF, Deisi Kusztra, o Hospital da Criança vem para salvar vidas e se soma ao atendimento que o Paraná tem na área médica pediátrica.

“A primeira infância precisa de um acompanhamento para o crescimento e desenvolvimento, assim como uma atenção especial ao calendário de vacinação. E o Paraná é um exemplo para o Brasil nesta atenção básica”, disse.

O secretário de Estado da Saúde também informou que em dezembro vai ser lançado um pacote de recursos para hospitais filantrópicos do Estado, que atendem pelo SUS. A Santa Casa de Maringá vai ser contemplada.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.