Alunos mais pobres vão receber vales-livros para usar na Flim 2019. Valores são contrapartida de editoras

Por: - 22 de outubro de 2019
Flim 2019 vai ser realizada de 6 a 9 de novembro / Divulgação/PMM

Alunos mais pobres de escolas municipais de Maringá vão receber vales-livros para usar na Festa Literária Internacional de Maringá, a Flim 2019. Os vales são uma contrapartida das editoras e lojas que vão montar estandes na feira.

O valor total a ser distribuído chega a R$ 37,6 mil. O recurso foi distribuído em 4.435 vales em que o preço varia de R$ 5 a R$ 20. Vão ser beneficiados estudantes de 40 escolas da rede municipal.

Os vales-livros vão ser trocados por livros quando os estudantes visitarem a Flim 2019. Os estudantes mais novos recebem vales de menor valor, que permitem a aquisição de livros infantis. Os alunos maiores, recebem um valor maior, compatível com o valor dos livros indicados para a faixa etária.

A distribuição foi definida pela Secretaria de Educação. Na tarde desta terça-feira (22/10), em ato simbólico, o prefeito Ulisses Maia (PDT) fez a entrega dos vales-livros na Escola Municipal Angela Borin, no Conjunto Requião.

Cerca de 50 alunos do 3º ano do ensino fundamental participaram do evento. “Tem que ler livros porque vocês são o futuro de Maringá”, disse o prefeito. A Flim 2019 vai ser realizada de 6 a 10 de novembro no estacionamento do estádio Willie Davids.

Acesse aqui e veja uma reportagem especial do Maringá Post com a programação completa da Festa Literária.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.