Polícia Civil de Maringá faz alerta sobre furtos no interior de veículos com uso do Chapolin. Veja flagrante

17 de outubro de 2019
Dispositivo conhecido como Chapolin, que desliga alarme de veículos / Divulgação

A Polícia Civil de Maringá conseguiu apreender um dispositivo eletrônico conhecido como Chapolin no apartamento de um suspeito de furto que mora em Londrina. Também havia um mandado de prisão contra o dono do Chapolin, mas ele se encontra foragido.

A apreensão é parte da investigação de um furto em veículo com o uso do aparelho, que consegue bloquear o controle remoto do alarme do veículo no momento em que a vítima tenta acionar o alarme para travar o carro.

Outro homem praticou um furto no interior de um veículo em Maringá na terça-feira (15/10). O vídeo que mostra a ação do suspeito foi divulgado pela Delegacia de Furtos da Polícia Civil. As imagens vão ajudar na identificação do assaltante.

Segundo a Delegacia de Furtos, não é descartada a possibilidade do autor do crime também ser da região de Londrina, onde haveria pessoas especializadas em furtos com o uso do Chapolin.

A Polícia Civil de Maringá orienta os motoristas a verificar se o carro foi realmente trancado ao deixar o veículo estacionado. A orientação é para verificar o fechamento na maçaneta, sem confiar totalmente no alarme.

Outra dica importante é evitar deixar objetos de valor à mostra, dentro do veículo. No caso flagrado pelas câmeras de segurança de uma empresa na terça-feira (15/10), o suspeito levou o notebook da vítima.