Secretaria de Saúde de Maringá divulga alerta sobre aparecimento de escorpiões no calor

Por: - 9 de outubro de 2019
Escorpião-amarelo, o mais perigoso e temido por quem vive em áreas de risco / Prefeitura de Cascavel

A Secretaria Municipal de Saúde de Maringá divulgou um alerta para ampliar o cuidado com os escorpiões. Altas temperaturas e os períodos chuvosos favorecem o aparecimento do animal que, em busca abrigo em lugares secos, entra em residências e estabelecimentos comerciais por ralos e soleiras.

Até o final de setembro, foram registradas 988 reclamações e 136 acidentes em Maringá.  As equipes da Secretaria de Saúde recolheram 584 escorpiões: 537 amarelos (Tityus serrulatus), 46 pretos (Tityus bahiensis) e 1 ananteris.

Newsletter Briefing
O que aconteceu de importante em Maringá, todo início de noite no seu email.
Saiba mais ou cadastre-se:

A maior parte dos casos está concentrada no Jardim Alvorada, Monte Rei, Zona 7, Vila Morangueira, Zona 5, Parque das Grevíleas, Zona 3, Andrade, Batel e Cidade Nova.

Diariamente a Saúde realiza buscas ativas no entorno de residências e locais públicos. Junto com 150 agentes da dengue também treinados para o combate ao escorpião, equipes capacitadas contam com apoio da Secretaria de Serviços Públicos (Semusp) nos casos de remoção de materiais pesados como entulhos e tampa de bueiros.

Para a população segue algumas dicas. É importante colocar barreiras nas portas e janelas e utilizar telas de proteção nos ralos e tampas. São medidas simples mas eficazes para a prevenção. A constante limpeza do quintal e não utilização de venenos, o que não elimina e apenas desaloja o escorpião, também são importantes.

Como o animal tem hábito noturno, este é o período do dia em que os moradores devem redobrar a atenção. Cada cidadão é responsável pelo imóvel onde mora.

Nas áreas públicas, a prevenção é realizada pela Secretaria Saúde, por meio do Plano Municipal de Controle de Escorpião que percorre Centros Municipais de Educação Infantil, Escolas Municipais, Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e outros prédios públicos.

Ao encontrar um escorpião, é preciso entrar em contato com a Ouvidoria da Saúde pelo fone 160. É preciso informar o endereço para visita e orientação de agentes de zoonoses. Em casos de acidentes, a orientação é procurar uma UBS e, em casos mais graves, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.