Maringá sedia em novembro o Bicicultura 2019. Programação do evento é colaborativa e está com inscrições abertas

Por: - 24 de setembro de 2019
Maior evento de cicloativismo do Brasil, Bicicultura ocorre entre 14 e 17 de novembro em Maringá / Divulgação Circular Cultural

Maringá vai sediar pela primeira vez, entre os dias 14 e 17 de novembro, o “Bicicultura: Encontro Brasileiro de Mobilidade por Bicicleta e Cicloativismo”, maior evento do gênero no Brasil. Com o tema “Cicloativismo, Memória e o Agora”, o Bicicultura 2019 resgata a importância da preservação da história dos movimentos sociais e convida os ciclistas a  compartilharem as próprias vivências.

A programação do Bicicultura é feita de forma colaborativa e qualquer pessoa pode inscrever um proposta de atividade por meio do formulário online até 30 de setembro. Podem ser inscritas atividades culturais, esportivas, oficinas, apresentação de projetos, rodas de conversa, trabalhos acadêmicos e filmes. As ações devem abordar temáticas como cicloativismo, memória, saúde, políticas públicas e infraestrutura, meio ambiente e sustentabilidade.

Organizado pela União dos Ciclistas do Brasil (UCB), o evento é realizado anualmente. Em Maringá, a Associação dos Ciclistas do Noroeste do Paraná (Ciclonoroeste) e a Associação Cultural Céu de Capricórnio também fazem parte da organização. Segundo o membro da Ciclonoroeste, Eduardo Simões, essa é a primeira vez que o evento vai ser realizado fora de uma capital, o que representa uma conquista para Maringá. 

“É um evento em escala nacional, que é importante porque reúne os cicloativistas com várias entidades, como a universidade, o grupo BR Cidades e a Prefeitura de Maringá. Então, é uma rede de colaboração. São vários grupos fazendo o evento, com a ideia de discutir o direito à cidade, à cultura da bike e, sobretudo, à bicicleta e os outros meios de transporte ativos de forma geral”, explica Eduardo.  

Em Maringá, a programação do evento vai ocorrer na Universidade Estadual de Maringá (UEM) e na Vila Olímpica, próximo ao Restaurante Popular. Durante os quatro dias de evento, o Bicicultura vai receber pessoas de todo o país para elaborar, de forma conjunta, agendas sobre o uso da bicicleta e fortalecer o cicloativismo local.

O Bicicultura também está em busca de hospedagem solidária para receber visitantes. Quem tiver interesse em colaborar, pode se cadastrar como anfitrião. Para os que querem vir até Maringá participar do evento e buscam lugar para se hospedar, é possível fazer o cadastro como hóspede.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.