Ações de prevenção ao suicídio do Setembro Amarelo começam na manhã deste domingo na Catedral

Por: - 31 de agosto de 2019

Começa neste domingo (1/9) a partir das 9 horas na Praça da Catedral de Maringá as ações de prevenção ao suicídio do Setembro Amarelo. A organização é da ONG Decida Viver, em parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV) e outras entidades.

A campanha no Brasil foi iniciada em 2015 pelo CVV, Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Segundo o CVV, com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), nove em cada dez casos de mortes por suicídio poderiam ser evitadas.

A presidente da ONG Decida Viver, Regina Aparecida de Paula, participou da sessão da Câmara de Maringá de quinta-feira (29/8). Ela falou sobre a campanha Setembro Amarelo e o trabalho de prevenção ao suicídio realizado em Maringá.

Ela contou que a ONG foi idealizada após o suicídio do filho, Kauê Aaron, aos 25 anos, em 2017. “Eu, meus filhos, o pai e um grupo de amigos decidimos levantar a bandeira de prevenção e posvenção ao suicídio. Transformando o luto em luta”, contou.

Regina destaca que ressignificar a vida é o caminho para lidar com o sofrimento. “Uma das formas de nos ressignificarmos é ajudar às pessoas com pensamento suicida e também os familiares enlutados.”

A presidente da ONG Decida Viver informou que, na região da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep), formada por Maringá e mais 29 cidades, ocorreram 94 casos de suicídio entre 2018 e junho de 2019. “Queremos pedir a vocês um olhar sensível para esta causa porque se trata de saúde pública”, defendeu aos vereadores.

Acesse a programação completa do Setembro Amarelo 2019. Há uma série de eventos até o fim do mês na cidade. Vão ocorrer palestras, eventos esportivos e de conscientização em dezenas de espaços públicos.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.