Maringá tem média salarial 20% maior que o resto do Brasil no setor de comércio e reparação de veículos

Por: - 7 de agosto de 2019
Remuneração média na área de comércio e reparação de veículos é de R$ 1.759,77 em Maringá / Agência Brasil

A área de comércio e reparação de veículos se destaca mais em Maringá do que em outros locais do Brasil. Levantamento recente do site especializado em recrutamento Catho mostrou que a cidade tem média salarial 20% maior que a nacional no segmento de reparação de veículos. Em Maringá, a remuneração média na área é de R$ 1.759,77

Outras áreas profissionais ligadas ao setor de comércio e serviços também se destacam como a de preparação e fabricação de artefatos de couro, artigos para viagem e calçados (15%), confecção de artigos do vestuário e acessórios e o comércio varejista, ambos com média salarial 9% maior que o resto do Brasil.

Para o diretor de Estratégia da Catho, Rafael Stille, o comércio é uma das principais atividades empresariais de Maringá. Na visão dele, é possível encontrar o setor divido nos seguintes segmentos: empresas varejistas, atacadistas ou até mesmo as ligadas a venda e reparação de veículos e motocicletas.

“Maringá já é reconhecida como um dos maiores polos atacadistas do Brasil. A pesquisa reforça essa potência regional e aponta quais são as áreas que mais se destacam. Essa expressividade na área comercial vem para equilibrar a ausência da presença industrial. Além disso, vale destacar a importância da agricultura para economia de cidade, que sempre se mostrou ativa na região”, afirma o diretor.

Segundo informações divulgadas pela Catho, a região de Maringá tem mais de 3.400 vagas na plataforma de recrutamento com salários que variam entre R$ 1 mil e R$ 6 mil.

Confira a média salarial na cidade:

  • Comércio e reparação de veículos automotores: R$ 1.759,77
  • Preparação e fabricação de artefatos de couro, artigos para viagem e calçados: R$ 1.478,59
  • Confecção de artigos de vestuário e acessórios: R$ 1.443,25
  • Comércio Varejista: R$ 1.434,11

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.