Shopping Catuaí fomenta sustentabilidade desde a manutenção até atrações com “pegada ecofriendly”

Por: - 4 de julho de 2019
Pista de patinação vai funcionar até 18 de agosto / Divulgação

A temporada de patinação de 2019 no Catuaí Maringá chega com uma novidade sustentável. O shopping optou pela utilização de um material sintético que substitui o gelo natural e o consumo de água e energia elétrica.

É mais uma das ações realizadas pelo Catuaí a favor do ambiente. O shopping dispõe de uma trilha ecológica, trabalha diariamente com a separação de resíduos e faz o reuso da água da chuva, entre outras iniciativas planejadas, algumas desde a construção do shopping.

“As demandas de sustentabilidade foram lembradas desde a fundação dos alicerces do shopping, quando optamos por um projeto arquitetônico que privilegiasse a iluminação natural. Entendemos que a busca por alternativas mais sustentáveis é muito importante”, afirma a superintendente do Catuaí, Fernanda Trombaco.

Para a pista de patinação, a proposta sustentável garante a mesma qualidade. Os patins e a experiência repleta de aventura são os mesmos. Com cerca de 200 m², a pista oferece passeios de trenó às crianças com idades de três a cinco anos e a patinação tradicional às crianças maiores e também aos adultos.

A atração já está aberta ao público na Praça de Eventos do Catuaí Shopping e vai funcionar até o dia 18 de agosto. A pista de patinação vai funcionar de segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos e feriados das 11h às 22h.

Além dos patins, os instrutores disponibilizam todos os equipamentos de segurança, como joelheiras, capacetes, luvas e cotoveleiras. É obrigatório aos participantes a utilização de meias com os patins. Os valores para patinar são R$ 20 (20 minutos), R$ 25 (30 minutos) e R$ 10 (5 minutos no trenó).

Trilha na mata atlântica é preservada pelo shopping

Quando foi planejado, o Catuaí Maringá reservou parte da área adquirida para a construção do shopping para a preservação da natureza. No espaço, é possível ver de perto espécies raras da mata nativa da região como a peroba, o pau-marfim, o cedro e o jequitibá.

Em parte do espaço, também é feito um trabalho de reflorestamento. Há oito anos, a área de mata atlântica passou a ser usada como uma trilha ecológica com visitas agendadas e monitoradas, sempre no segundo sábado de cada mês.

Os visitantes aproveitam cerca de 300 metros de caminhada em meio ao fragmento florestal, que está totalmente preparado para a educação ambiental.

Trilha é uma verdadeira aula de Meio Ambiente / Divulgação

“Temos um módulo educacional, com sons de alguns animais e pegadas para abordar a questão da fauna. E trabalhamos com informações detalhadas de espécies arbóreas. Na trilha, também tem uma sinalização informativa com assuntos que podem ser questionados e aprofundados pelos visitantes”, explica o responsável pela trilha ecológica do Catuaí, o biólogo Dalton Zeidan.

Ele também conta que a área recebe manutenção permanente com a retirada de vegetal sufocante sobre as espécies mais importantes, o recolhimento de cipós, cuidados com as bordas e com o espaço destinado à passagem dos visitantes.

“Trabalhamos com um limite de até 20 pessoas, o que permite um trabalho mais próximo aos visitantes, sempre com foco na interpretação do ambiente mais conservado de fauna e flora”, destaca.

  • Para participar da Trilha Ecológica basta ligar para o SAC no (44) 3123-5000 e agendar sua visita!

Aproveitamento de luz natural e água da chuva

O projeto arquitetônico do Catuaí Maringá foi criado com foco na sustentabilidade. Toda a área construída tem grandes claraboias, o que garante o aproveitamento da luz natural em praticamente todo o shopping. O consumo de energia elétrica também é reduzido com o uso de lâmpadas LED.

A mesma tecnologia de iluminação em LED também passou a ser usada a partir de 2018 no estacionamento. Com uma luz mais forte e ao mesmo tempo mais econômica, o sistema garante um conforto maior aos visitantes na hora de estacionar e caminhar até o interior do shopping.

Outro diferencial do projeto do Catuaí Maringá foi a previsão do reuso de água da chuva. Com o mecanismo, a água que cai no telhado do shopping é captada e levada até uma central de tratamento, onde é armazenada. Posteriormente, a água é reutilizada nos vasos sanitários e na irrigação dos jardins do empreendimento.

Outra preocupação da administração do Catuaí Maringá é com os resíduos. Por todo o shopping, há lixeiras que incentivam a separação dos materiais orgânicos e reciclados. O mesmo é trabalhado na praça de alimentação, onde o shopping incentiva aos visitantes a fazer a separação.

Depois do recolhimento em todas as lixeiras, o material é encaminhado para uma equipe especializada na triagem e separação dos materiais. Apenas de papelão, plásticos, latinhas de alumínio e outros recicláveis, são cerca de 18 toneladas mensais recolhidas. O material é todo encaminhado à reciclagem.

Resíduos como pilhas e lâmpadas também são separados e recebem a destinação correta. Por serem contaminantes, estes resíduos precisam ter uma reciclagem especial ou serem levados a aterros industriais.

O shopping também paga pelo recolhimento e a destinação final dos resíduos orgânicos e rejeitos. A preocupação é que a destinação seja sempre a mais correta e sustentável.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.