Previsão é de sol no começo da semana em Maringá. Na quinta chove e na sexta temperatura cai a 8°

19 de maio de 2019
Vista da zona 4 em Maringá / Murilo Gatti

A previsão é de sol no começo da semana em Maringá. Mas o tempo estável previsto para a segunda-feira (20/5) e a terça-feira (21/5) tende a mudar ao longo dos dias. Para a quinta-feira (23/2), os institutos climatológicos informam que há uma grande possibilidade de chuva e na sexta-feira (24/2) a mínima vai ficar abaixo dos 10°.

O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) prevê temperaturas entre 15° e 26° na segunda. Na terça-feira, o instituto informa que a mínima sobe para 17° e, no decorrer da semana, as temperaturas mínimas tendem a cair. Para a sexta e o sábado, o INPE diz que a mínima chega a 8°.

Previsão divulgada pelo INPE no domingo (19/5) / Reprodução

O instituto Simepar apresenta uma previsão semelhante ao do INPE, com a segunda e a terça-feira ensolaradas e a queda nas temperaturas mínimas ao longo da semana.

O Simepar não prevê chuva para a quarta-feira (22/5), mas diz que há uma probabilidade de chover de 50% na quinta-feira, com precipitação de 6,8 mm. Para a sexta, o Simepar informa que a temperatura vai variar de 8° a 19°.

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) traz neste domingo (19/5) uma previsão de temperaturas um pouco mais altas para o começo da semana. Na terça-feira, por exemplo, o instituto prevê uma variação de 19° a 29° e, na quarta, de 19° a 30°.

O instituto Climatempo prevê uma segunda-feira com sol entre nuvens e temperaturas entre 14° e 26°. Para a terça, o instituto informa que podem ocorrer pancadas de chuva à tarde e à noite. A previsão é semelhante para a quarta-feira (22/5), quando a temperatura varia de 15° a 27°.

Previsão do Climatempo divulgada neste domingo (19/5) / Reprodução

Para a sexta-feira, o Climatempo diz que o céu fica aberto, sem nuvens, a máxima vai ser de 20° e a mínima prevista pode chegar a apenas 6°.

Para ter informações mais atualizadas sobre as previsões de cada um dos quatro institutos consultados pelo Maringá Post, basta acessar os links para cada um deles.