Soldado da PM é executado em emboscada no Distrito do Vale Azul. Saiba mais na Jovem Pan

Por: - 25 de abril de 2019
Soldado foi executado no Distrito do Vale Azul, em Sarandi / Divulgação

O soldado da Polícia Militar Juliedes Nunes, 37 anos, foi executado em emboscada no Distrito do Vale Azul, em Sarandi. O crime foi praticado no começo da madrugada desta quinta-feira (25/4). A vítima foi localizada com ao menos dez perfurações de arma de fogo pelo corpo.

O Soldado Juliedes Nunes contava com 13 anos de serviço na Polícia Militar e tinha sido transferido para funções administrativas após se envolver em um homicídio, em caso particular, fora do horário de serviço, no ano de 2017. Ele era casado e tem duas filhas de 13 e 6 anos.

A Polícia Militar informou que o sepultamento do soldado Juliedes Nunes vai ser realizado nesta sexta-feira (26/4), às 14h30, no Cemitério Park, na Avenida Alziro Zarur, em Maringá. O cortejo vai sair às 13h45 do local onde está o corpo é velado, na Avenida Maringá, em Sarandi.

O comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Maringá, Ademar Paschoal, concedeu entrevista nas primeiras horas da manhã para o repórter policial André Almenara. Paschoal esteve no local do crime e acompanhou os primeiros trabalhos de investigação da polícia. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil de Sarandi.

Ainda na área da segurança, a Jovem Pan trouxe comentários sobre a emenda do vereador e servidor público Willian Gentil (PTB) que sugeriu a aposentadoria dos guardas municipais de Maringá com 15 anos de trabalho.

A Jovem Pan também trouxe a notícia da primeira morte por dengue registrada em Maringá em 2019. A vítima foi um homem de 45 anos. O noticiário também teve a participação de Orlando Gonzales, com as principais informações do esporte de Maringá.

  • Reportagem atualizada nesta quinta-feira (25/4) às 18 horas, com a informação correta sobre o local de sepultamento do soldado. 

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.