Movimento Bicicletada de Maringá vai instalar mais uma Ghost Bike. Vai ser na esquina das avenidas Cerro Azul e Guedner

Por: - 9 de janeiro de 2019
Ghost Bike na Avenida Brasil, onde família da vítima sempre põe flores / Divulgação

O Movimento Bicicletada de Maringá vai instalar mais uma Ghost Bike na cidade. A bicicleta pintada de branco vai ser colocada no cruzamento das avenidas Cerro Azul e Guedner, onde o garoto Arthur Jordão da Silva, 11 anos, morreu atropelado na noite de 24 de dezembro de 2018. Próximo ao local, no início de 2018, também ocorreu a morte de outro ciclista, o menino Paulo Henrique Brito Mathias, de 13 anos.

Vai ser a sexta bicicleta branca a ser instalada em Maringá. Além de homenagear vítimas da violência no trânsito urbano, a Ghost Bike visa a sensibilizar motoristas, motociclistas e outros usuários do trânsito a terem mais prudência nas ruas e avenidas da cidade.

As bicicletas brancas também servem como protesto e como forma de mostrar ao Poder Público a necessidade de adotar medidas para reduzir a violência no trânsito urbano com melhorias no planejamento viário.

Em 2018, sem considerar os dados do mês de dezembro, sete ciclistas morreram vítimas de acidente de trânsito em Maringá, segundo informações da secretaria de Mobilidade Urbana (Semob).

No portal da secretaria, existe uma classificação das vítimas desde 2005. Desde então, mais de 70 ciclistas morreram na cidade. O ano mais violento para os amantes do pedal foi 2006, quando ocorreram 15 mortes de ciclistas no trânsito de Maringá.

O ato do Movimento Bicicletada de Maringá vai ser realizado na quarta-feira (16/1), quando um passeio silencioso de ciclistas vai tomar as avenidas da cidade. A concentração do grupo vai ser na Praça da Catedral, a partir das 19h30.

Do local, o grupo vai seguir até o cruzamento das avenidas Cerro Azul e Guedner, onde vai ser instalada a Ghost Bike em homenagem aos garotos Arthur e Paulo Henrique.

A primeira Ghost Bike de Maringá foi instalada em junho de 2013, após o atropelamento de um ciclista na Avenida Morangueira. Na ocasião, o Movimento Bicicletada Maringá também instalou uma bicicleta branca no cruzamento das avenidas Colombo e Pedro Taques, com o objetivo de sensibilizar o maior número de pessoas possíveis.

Conheça o plano de expansão do Maringá Post. Você pode dominar a mídia online da sua cidade. Saiba mais.