Chuva forte de sexta-feira derrubou muro de condomínio em Maringá. Rodoviária volta a ficar sem energia elétrica

Por: - 5 de janeiro de 2019
Muro caído aos fundos de condomínio / Defesa Civil

A chuva forte que caiu em Maringá na noite desta sexta-feira (4/1) provocou a queda do muro de um condomínio na Rua Ataúlfo Alves, no Parque Tarumã. Devido ao excesso de água, a terra ficou completamente encharcada e parte da estrutura não resistiu, o que provocou o bloqueio da rua.

Ainda de acordo com a Defesa Civil de Maringá, durante a noite foi feito o atendimento a cinco casas em situação de alagamento, houve distribuição de lonas para moradores em casas com calhas entupidas e caíram três árvores.

Em meio à chuva forte, o Corpo de Bombeiros também recebeu o pedido de socorro de um jovem que ficou ilhado, dentro do carro, na Avenida Arquiteto Nildo Ribeiro da Rocha. Foi próximo ao antigo Water Park. A água invadiu o veículo e atingiu a altura do volante. Não é a primeira vez que motoristas sofrem com o alagamento no local.

À noite, a Rodoviária de Maringá voltou a sofrer com a falta de energia elétrica. O problema perdurou por aproximadamente 3 horas. Como o gerador do terminal está quebrado, os passageiros que embarcaram ou desembarcaram em Maringá tiveram de se virar com as lanternas dos celulares.

A prefeitura prepara uma licitação para a reforma do prédio, mas não há previsão para início das obras e para a compra ou conserto de um novo gerador.

Para este sábado (5/1) também há previsão de chuvas rápidas, mas intensas. Segundo o Simepar, o volume da precipitação poderá atingir os 30 mm, quantidade próxima a registrada em alguns bairros de Maringá na noite de sexta.

Maringá também está incluída no aviso meteorológico divulgado pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). O alerta informa que poderão ocorrer pancadas de chuvas acompanhadas de raios.

“Localmente a chuva poderá ser intensa em curto período de tempo e vir acompanhada de rajadas de vento”, diz o aviso.