Prefeitura de Maringá anuncia abertura de 350 vagas de estágio para 2019. Cadastro de currículos é pela internet

Por: - 30 de dezembro de 2018

A Prefeitura de Maringá anunciou a abertura de 350 vagas de estágio para contratações a partir de 2019. Podem participar estudantes de dez instituições de ensino da cidade e da região. São estabelecimentos que possuem convênio com a administração municipal.

O cadastro dos currículos para a disputa das 350 vagas de estágio é feito pela internet. Os interessados precisam fazer o cadastramento e informar a área de interesse. O município paga um bolsa-auxílio de R$ 690 e mais R$ 171 referente ao auxílio-transporte.

Como não há vínculo empregatício nas vagas de estágio, o salário fica livre da incidência de descontos e impostos. Na inscrição, o acadêmico deve informar além dos dados pessoais, a instituição de ensino, o curso, modalidade, turno, início e término da graduação, experiência empregatícia, cursos realizados, entre outros.

A seleção é aberta para as instituições de ensino superior credenciadas até o momento por chamamento público pela Prefeitura de Maringá: UEM, Unicesumar, Unifamma, Faculdade Cidade Verde, Faculdade Maringá, Uningá, Feitep, PUC, Fael e Uniasselvi.

Atualmente, a administração municipal conta com 578 estagiários nas 23 secretarias. A carga horária não ultrapassa seis horas diárias e 30 semanais e o estágio tem duração máxima de dois anos. Nos casos de estágio com duração igual ou superior a um ano, é assegurado férias de 30 dias, preferencialmente durante as férias escolares.

O cadastro online foi desenvolvido pela equipe de gestão de processos da Secretaria de Gestão e visa a redução dos gastos com papel, agilizando e evitando o retrabalho. Antes, os currículos eram entregues no balcão da Secretaria de Recursos Humanos.

Mais informações podem ser obtidas a partir de quinta-feira (3/1) na Secretaria Municipal de Recursos Humanos. O telefone de contato é o (44) 3221-1430.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.