Restaurante e Costelaria BR3 fecha de vez em Maringá. Estabelecimento entrou em crise após ação da Vigilância Sanitária

Por: - 26 de dezembro de 2018
Tapumes cercam o prédio onde funcionava a Costelaria BR3 em Maringá / Murilo Gatti

Inaugurada em 1996, a tradicional Costelaria BR3 fecha de vez em Maringá. A placa do restaurante foi retirada da fachada e o prédio foi fechado com tapumes. O fechamento definitivo teria ocorrido há cerca de 15 dias.

Por longos anos, o estabelecimento foi referência em rodízios de costela e picanhas, mas a costelaria passou a enfrentar uma grave crise no final de 2016, quando foi interditada pela Vigilância Sanitária.

A reportagem tentou entrar em contato por meio do telefone divulgado na internet, mas ninguém atendeu as ligações. O site oficial da Costelaria BR3 também foi desativado, assim como outras redes sociais do restaurante.

Fachada da Costelaria BR3 / Google Street View

Ainda não há informações sobre o que levou o proprietário, conhecido em Maringá como Cidão, a decidir pelo encerramento das atividades. Tudo indica que seja consequência da crise enfrentada desde dezembro de 2016.

No dia 15 de dezembro daquele ano, a Vigilância Sanitária interditou a costelaria, que não teria cumprido com um cronograma de adequações ajustado em maio de 2016.

Na época, a Prefeitura de Maringá informou que, em 15 de dezembro de 2016, os “fiscais constataram que as melhorias haviam sido paralisadas, inviabilizando assim o funcionamento do local.”

Junto à interdição, fotos de alimentos em condições inadequadas se espalharam pelas redes sociais. O problema é que nunca ficou comprovado que as fotos eram mesmo da cozinha da Costelaria BR3. Em meio à dúvida, o estrago já havia sido provocado.

O que a prefeitura informou oficialmente à época é que a cozinha estava “sem isolamento”, havia o “acondicionamento inadequado de lixos, não há boas práticas de manipulação de alimentos”, além da constatação de “mal acondicionamento de alimentos em geral”, sujeira em equipamentos e “carnes sem procedência”.

No dia 14 de janeiro de 2017, o jornalista Angelo Rigon divulgou fotos da reabertura da Costelaria BR3 ao público. Desde então, o grande movimento que era registrado em anos anteriores, principalmente nos almoços de sábado e domingo nunca foi mais o mesmo.

Veja abaixo um vídeo de divulgação da Costelaria BR3 que foi postado no YouTube em setembro de 2011.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.