Pagamento do IPVA 2019 no Paraná começa em 24 de janeiro. Veja como calcular e a tabela com as datas de vencimento do imposto

Por: - 24 de dezembro de 2018
Estado tem 4,3 milhões de veículos tributados e outros 2,6 milhões não tributados (Imagem/ Agência Estadual de Notícias)

O pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2019 começa em 24 de janeiro de 2019. O imposto poderá ser pago em três parcelas ou à vista com desconto de 3%. A maior parte da frota terá alíquota de 3,5%, mesmo percentual aplicado em 2018. Ônibus, micro-ônibus, caminhões, veículos de carga, de aluguel ou que usam gás GNV pagam 1%.

Para 2019, é preciso ficar atento à mudança na forma de pagamento. Desta vez, os contribuintes irão receber em casa apenas a correspondência com a Guia de Recolhimento para pagamento à vista. Quem preferir parcelar o IPVA, precisa entrar no site da Secretaria Estadual da Fazenda e imprimir as guias de recolhimento das parcelas.

O pagamento também poderá ser feito somente com o número do Renavam nas agências bancárias credenciadas: Banco do Brasil, Bancoob, Bradesco, Itaú, Rendimento, Santander e Sicredi.  A expectativa do Governo do Paraná é arrecadar R$ 3,4 milhões com o IPVA em 2019, 6,25% a mais do que a previsão para este ano.

Em 2019, o Paraná terá 4,3 milhões de veículos tributados e outros 2,6 milhões não tributados. São isentos de pagar o imposto, veículos da União, do Estado e Municípios, táxis, ônibus de transporte urbano, para deficientes, destinados ao transporte escolar e fabricados antes de 1999.

A data de vencimento para o pagamento à vista ou da primeira cota será entre os dias 24 e 30 de janeiro, de acordo com os números finais da placa. O vencimento da segunda cota será entre os dias 21 e 27 de fevereiro e a terceira e última cota deve ser paga entre 21 e 27 de março, de acordo com a placa.

Os proprietários que não pagarem o imposto nos prazos terão multa de 10% e os valores sofrerão acréscimos de juros. Os contribuintes com dívidas de IPVA são inscritos no Cadastro Informativo Estadual (Cadin) e ficam impedidos de transferir a propriedade do veículo. O proprietário também é inserido na condição de devedor de tributos, o que impede a obtenção da Certidão Negativa de Débitos Tributários.

Os agentes do Detran não apreendem veículos por atraso de IPVA, mas sim pela falta do certificado de Registro e Licenciamento de Veículo, que só é emitido se o veículo não tiver nenhum débito com o IPVA ou seguro DPVAT.

Confira os vencimentos do IPVA 2019 no Paraná

Veja como calcular o IPVA 2019 no Paraná

De acordo com Pesquisa de mercado realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), os proprietários de veículos usados pagarão, em média, 3,8% a menos no IPVA de 2019. Para calcular o valor do IPVA, o proprietário deve aplicar a alíquota, que é de 3,5%, sobre o valor de venda do veículo descrito na tabela Fipe.

Um dos veículos mais vendidos no primeiro semestre deste ano, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foi o Chevrolet Onix. De acordo com a tabela Fipe, o modelo Onix Hatch Activ 1.4, 8V, Flex, 5 portas e automático, ano 2019, custa R$ 61.248.

Cálculo: 61.248 X 0,035 = R$ 2.143,68 (valor que será cobrado no IPVA)

Baseado na tabela Fipe, o mesmo modelo de Chevrolet Onix de 2018 está com preço médio de R$ 59.286.

Cálculo: 59.286 X 0,035 = R$ 2.075,01 (valor que será cobrado no IPVA)

Mais de 127 mil vão usar o Nota Paraná

Para o IPVA de 2019, 127.664 proprietários de veículos vão utilizar os créditos do Nota Paraná para quitar ou reduzir o valor do imposto. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria da Fazenda, os contribuintes que usaram os créditos devem ter uma economia de R$ 15,5 milhões.

Os contribuintes que não conseguirem quitar o IPVA 2019 integralmente com os créditos do Nota Paraná, receberão a Guia de Recolhimento com a diferença, que também pode ser paga à vista, com o desconto de 3%, ou divida em três parcelas.

Conheça o plano de expansão do Maringá Post. Você pode dominar a mídia online da sua cidade. Saiba mais.