Linha especial de ônibus levará devotos à paróquia Santa Rita em dias de novena. Trajeto sem paradas terá seis horários e começa neste sábado

Por: - 21 de dezembro de 2018
ônibus novena
Cerca de 20 mil pessoas passam pelos seis horários de novena no santuário. Foto: Paróquia Santa Rita

A partir deste sábado (22/12) os fiéis que costumam participar da novena de Santa Rita de Cássia, na igreja de mesmo nome, passam a ter uma linha especial – e mais rápida – para chegarem ao santuário. A novena é tradicional e cerca 20 mil devotos lotam o santuário todo dia 22 de cada mês.

A linha identificada como “Santuário”, com o número 177, vai sair da Avenida Tamandaré, em frente à antiga rodoviária em seis horários diferentes: 5h, 8h15, 11h15, 14h15, 17h15 e 19h15, sempre 45 minutos antes das celebrações. O itinerário não terá paradas no caminho e irá direto ao santuário. Ao fim de cada celebração, a mesma linha estará disponível para a volta ao centro, também sem paradas.

Segundo o pároco, padre Delvair Batista Lemonie, a criação da linha especial foi para atender um pedido da própria paróquia que percebeu a dificuldade dos fiéis que dependiam do transporte público. “É muita gente que vem até o santuário em dias de novena e alguns relatavam a necessidade de facilitar o acesso por ônibus”.

A novena de Santa Rita é realizada em Maringá há 18 anos e começa com a festa para a santa em 22 de maio. São três meses de celebração do “tríduo” da Santa: maio, junho e julho. Padre Delvair explica que nesse tempo são celebrados temas ligados à família, à saúde e aos trabalhadores. Depois, a partir de junho, começam as celebrações mensais da novena que atraem católicos em busca de bençãos e graças.

“Claro que as pessoas buscam todo o tipo de graça, mas a conquista do emprego ou recolocação no mercado e o sonho da maternidade são as mais comuns. As pessoas vêm, fazem suas orações e depois voltam para agradecer”, conta o Padre.

A história de devoção à Santa Rita de Cássia em Maringá, que é conhecida entre os devotos por resolver as “causas difíceis e impossíveis”, começou ainda na década de 80, quando foi criada a capela em homenagem à Santa, que na época fazia parte da Paróquia Cristo Ressuscitado. Em 2001, a comunidade foi promovida à paróquia e como o número de visitantes só aumentava, em 2011 veio a aprovação para a criação do santuário.

A novena de Santa Rita de Cássia é realizada todo dia 22 nos meses de agosto a abril, durante as missas. Os horários são 5h45, 9h, 12h, 15h, 18h e 20h. Com a linha exclusiva que passa a funcionar neste sábado (22/12), o valor da passagem não muda e será o mesmo do transporte coletivo comum: R$ 3,90 com o cartão e R$ 4,50 com a passagem avulsa, comprada nas centrais de atendimento da Praça Raposo Tavares.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.