Instituto Maringaense de Autismo, IMA, tem lançamento oficial com presença do médico Carlos Gadia. Atendimentos começam no 2º semestre de 2019

Por: - 28 de outubro de 2018

O desafio de criar, conhecer e oferecer o melhor possível para o filho autista Álvaro, levaram o empresário Gilberto Palma, o Giba, e a esposa Michele Margarida Capdeboscq Palma a idealizarem o Instituto Maringaense de Autismo (IMA).

Depois de meses de trabalho, o IMA foi fundado oficialmente na manhã deste domingo (28/10), em café da manhã do Hotel Metrópole.

Giba agradeceu o apoio da irmã Patrícia Palma, da família, e apresentou alguns do profissionais que vão ajudar a tornar realidade o trabalho do instituto, como Alexandre Duarte e Catia Martini.

Diretora do Centro Maringaense de Desenvolvimento Infantil (CEMADI), Catia explicou que qualquer “mudança é possível quando se entende o indivíduo”. O CEMADI, que atende a 32 crianças em Maringá, vai passar a funcionar dentro do IMA.

Giba anunciou o endereço do Instituto, na Avenida Paranavaí, e afirmou que as reformas no espaço vão ser iniciadas em breve, com a previsão de que o IMA possa começar a atender as crianças autistas a partir do 2º semestre de 2019.

O empresário detalhou que vão ser criados espaços para o desenvolvimento de habilidades sociais, espaço para a prática esportiva, para a prática de música e outros. “O esporte e a música permitem desenvolver as habilidades e a desenvolver o que a criança gosta”, diz.

Dentro do IMA, Giba afirmou que vai ser criada uma minicidade, com minimercado para que se possa estimular as crianças com uma lista de compras, um espaço para orientações de trânsito, vai ter uma cadeira de dentista, salão de cabeleireiro, parquinho ao ar livre, tudo pensado no desenvolvimento de habilidades das crianças.

Outras áreas de estímulo serão um espaço sensorial e um jardim suspenso, onde vai ser possível desenvolver uma horta e trabalhar com texturas por meio das plantas.

Todo o trabalho será feito dentro da análise do comportamento aplicado, com a abordagem do ABA. “Acreditamos que vamos poder ajudar nossos anjos azuis e suas famílias no desenvolvimento pleno de suas capacidades”, afirma Giba.

Ele destacou que no IMA vai ter um espaço muito importante para a capacitação e o treinamento de profissionais e dos pais. O evento contou com a presença do médico Carlos Gadia e de Graziella Corbellini Gadia, referências mundiais no tratamento do autismo.

Gadia destacou em bate-papo com as dezenas de pessoas presentes, que “a capacitação dos pais é fundamental e eles precisam participar de tudo o que é feito”. Graziella Gadia parabenizou a iniciativa de Maringá e disse que o IMA poderá se tornar referência para o autismo no Paraná.

O vereador e deputado estadual eleito Do Carmo (PSL) participou do lançamento, que também contou com a presença do secretário de Saúde, Jair Biato, e da secretária de Educação, Valkíria Trindade.

Ao questionar Gadia sobre as melhores ações por parte do município, Biato foi orientado pelo especialista a investir nos funcionários que atendem às famílias e no treinamento das próprias famílias que convivem com autistas.

Newsletter Briefing
O que aconteceu de importante em Maringá, todo início de noite no seu email.
Saiba mais ou cadastre-se:

O IMA vai prestar atendimento público e particular e também vai participar ativamente de campanhas de conscientização sobre o autismo.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.