Rajadas de vento de 107 km/h arrancam teto do Posto Amigão, em Marialva. Três carros foram atingidos. Veja vídeo do momento da queda

As breves rajadas de ventos que passaram pela região de Maringá por volta das 15 horas desta terça-feira (23/10) arrancaram a cobertura do Posto Amigão, às margens da BR-376, em Marialva. Três veículos que estavam sob a cobertura foram atingidos e, segundo um funcionário da churrascaria que fica ao lado do posto, “ficaram bem amassados”.

Por volta das 14 horas, a estação meteorológica do Aeroporto Regional de Maringá havia informado sobre a possibilidade de ventos de até 110 km por hora na região. Segundo o superintendente do terminal aéreo, Fernando Rezende, as rajadas que duraram poucos minutos chegaram a 107 km/h.

O funcionário da churrascaria de Marialva, Neuri Vanzela, disse que “foram dois segundos e já estava tudo no chão”. Um vídeo feito por quem estava na churrascaria e que passou a circular pelo WhatsApp mostra que a cobertura do posto balançou duas vezes e desaba em seguida. Ninguém ficou ferido.

Em Maringá, pelo menos seis árvores foram ao chão, sendo duas delas na cidade, que caíram sobre sobre veículos, e quatro em Floriano. Uma dessas ocorrências sobre carros foi no Parque industrial, segundo informou a Defesa Civil às 15h28. Desde o último dia 13 até a tarde desta terça-feira (23/10), foram contabilizadas 520 árvores caídas em Maringá.