UEM teve sete cursos com nota máxima no Enade enquanto UEL teve quatro. Mesmo assim, UEL sai na frente. Veja por quê

Por: - 11 de outubro de 2018

No Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), avaliação do Ministério da Educação divulgado nessa semana, a Universidade Estadual de Maringá (UEM) conquistou nota máxima, ou conceito 5, em sete dos 44 cursos avaliados. Já a Universidade Estadual de Londrina (UEL) teve 24 cursos avaliados e obteve nota máxima em quatro.

Os mais bem avaliados na UEM foram Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Ciências da Computação, Ciências Sociais (Licenciatura), Engenharia Civil, Engenharia de Produção/ Agroindústria e Letras/Inglês. Foram avaliados 44 cursos e menos da metade conquistou notas 5 e 4.

No ano passado, dois cursos conquistaram a nota máxima: Biomedicina e Odontologia. A avaliação é feita anualmente, porém em cursos diferentes.

UEL tem menos cursos avaliados e sai na frente

Os quatros cursos da UEL que atingiram a nota máxima no Enade foram Educação Física (licenciatura), Engenharia Elétrica, Letras/Inglês e Música (Licenciatura) e Letras/Inglês, que na UEM também ficou entre as melhores. Na UEL foram avaliados 24 cursos, ante os 44 da UEM.

Proporcionalmente o resultado da UEL é melhor que da UEM, já que na estadual de Maringá foram avaliados 20 cursos a mais que na instituição de Londrina. O número de cursos com nota máxima ficou parecido. A UEM conquistou conceito 5 em 15,9% dos cursos avaliados e a UEL, um pouco a frente, 16,6%.

A UEL também teve mais cursos nota 4 que a UEM. Enquanto a universidade maringaense conquistou nota 4 em 29,5% dos cursos avaliados, a londrinenses conquistou a mesma nota em 54,1% dos cursos avaliados. Somando as notas 5 e 4, a UEM obteve essas notas em 45% dos cursos avaliados e a UEL em 70%.

Entre as notas mais baixas, a UEM teve 14 cursos (31,8%) com conceitos 2 ou 3, enquanto a UEL teve esses conceitos em sete cursos (29,1%) entre os avaliados.

Enade avalia competências e habilidades

O Enade é feito por estudantes do último ano dos cursos avaliados. O objetivo é aferir conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidas ao longo da faculdade. O Enade é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação e é aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Em 2017 foram inscritos 537.360 estudantes concluintes em todo o Brasil, sendo 422.746 da modalidade presencial e 114.614 da modalidade de Educação a Distância (EAD). Foram avaliados 10.570 cursos, sendo 10.054 presenciais e 516 de EAD.

Participaram do Enade daquele ano 1.478 Instituições de Ensino Superior e 44 Áreas de Avaliação. A logística de aplicação envolveu 1.497 municípios de todos os Estados brasileiros. Foram 1,7 mil locais de aplicação.

Empregos em Maringá

Últimas vagas de Empregos

GUIAS