Suçuarana de 52 kg é atropelada, motorista aciona socorro, onça é amarrada pelas patas e agora já está se alimentando em clínica de Maringá. Veja vídeo

Por: - 10 de outubro de 2018
Suçuarana macho, de 4 anos e 52 quilos, que está em recuperação em clínica veterinária de Maringá. "Está viva graças ao motorista e policiais", diz veterinária

Seria mais uma triste história de uma onça morta à beira da estrada, fato cada vez mais frequente com a devastação do habitat natural dos grandes felinos na região, se não fosse a consciência ambiental de Thomas Willian Dutra Alves, de 32 anos, que na noite da última quinta-feira (4/10) atropelou uma suçuarana na PR-340, perto de Jardim Olinda.

O motorista do Fiat Siena, que não sofreu ferimentos, ao ver que o animal ainda estava vivo, acionou a Polícia Rodoviária Estadual de Colorado. Ao ser visto com o alerta do carro ligado e falando ao celular à beira da estrada, dois rapazes de uma fazenda próxima que passavam pelo local pararam a VW Parati e desceram para prestar ajuda.

“Enquanto eu acionava o socorro, para evitar que a onça que estava meio grogue despertasse de vez e se embrenhasse no mato, os rapazes pegaram uma dessas cordinhas elásticas usadas por motociclistas e amarraram as patas dela, como fazem com bezerros”, contou nesta quarta-feira (10) Thomas Alves.

“Quando os policiais foram pegar a onça, ela já estava acordando e eles usaram uma corda melhor”, acrescentou Thomas, que é secretário de Saúde de Jardim Olinda. Disse que a onça atravessou a pista correndo, primeiro bateu na altura do farol e depois na lateral do Siena: “Quando vi que era uma onça, pedi socorro”.

A equipe da PRE logo chegou ao local e acionou a Polícia Ambiental de Maringá. Em seguida, a cabo Spada e dois soldados, diante da evidente urgência de atendimento, colocaram o bicho no porta-malas da viatura e seguiram para Maringá. No trevo de Munhoz de Melo, a 70 km do local do atropelamento, encontraram os policiais ambientais.

Junto com a equipe de Maringá estava a zootecnista e veterinária Thelma Cristina dos Santos Soares, que prestou os primeiros socorros ali mesmo. A onça macho, de 4 anos e 52 quilos, está em tratamento na clínica Animal Store. Nesta terça-feira (9) voltou a se alimentar e Thelma disse que “em 10 ou 15 dias estará pronta para ser solta”.

A onça sofreu traumatismo craniano médio e ferimentos na pata direita. “Se não fosse a iniciativa do motorista e da polícia, o animal estaria morto”, disse Thelma nesta quarta-feira (10). A Polícia Ambiental informou que não decidiu para onde a onça será levada, mas a tendência é que seja para uma reserva na mesma bacia, a do Paranapanema.

Veja vídeo feito pela veterinária



Denúncia de suposto assédio em ônibus de Maringá na rede social tem reação enérgica do prefeito. Caso não teve B.O.

A denúncia de suposto assédio em ônibus do transporte coletivo em Maringá feita por meio do Twitter na terça-feira (12/2) chegou até o prefeito...

Concurso do Aeroporto de Maringá tem onze vagas em sete cargos. Salário varia de R$ 1,4 mil a R$ 5,7 mil

O período de inscrições é de 20 de fevereiro a 20 de março. O valor da inscrição varia de R$ 70 a R$ 140.

Após decisão do STF, seis cartórios judiciais de Maringá vão ser estatizados. Saiba quais são

Cabe ao Tribunal de Justiça do Paraná realizar concurso público para estatizar cartórios judiciais privados.

Criado em Maringá, aiqfome é o app de delivery mais bem avaliado do Brasil, à frente do iFood

Na Apple Store, a nota dos usuários do aiqfome é 4.9 e na Google Play, 4.8.

Denúncia de suposto assédio em ônibus de Maringá na rede social tem reação enérgica do prefeito. Caso não teve B.O.

A denúncia de suposto assédio em ônibus do transporte coletivo em Maringá feita por meio do Twitter na terça-feira (12/2) chegou até o prefeito...

Concurso do Aeroporto de Maringá tem onze vagas em sete cargos. Salário varia de R$ 1,4 mil a R$ 5,7 mil

O período de inscrições é de 20 de fevereiro a 20 de março. O valor da inscrição varia de R$ 70 a R$ 140.

Costelaria e choperia de Londrina, Sr. Zanoni, vai abrir no antigo endereço da Costelaria BR3 de Maringá

No cardápio, o Sr. Zanoni oferece assados de picanha, mignon com queijo e costela.

Após decisão do STF, seis cartórios judiciais de Maringá vão ser estatizados. Saiba quais são

Cabe ao Tribunal de Justiça do Paraná realizar concurso público para estatizar cartórios judiciais privados.

Empregos em Maringá

Últimas vagas de Empregos

GUIAS