Bolos com medalhas de Nossa Senhora Aparecida, missas e evento no parque de exposições marcam as celebrações do dia da santa em Maringá

Por: - 10 de outubro de 2018
Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Maringá, celebra dia da santa com coroação (Imagem/Paróquia Nossa Senhora Aparecida)

Nesta sexta-feira (12/10) a igreja católica celebra o dia de Nossa Senhora Aparecida,  a padroeira do Brasil. Para comemorar o dia santo, terços e missas serão realizadas em toda a cidade. Na paróquia Nossa Senhora Aparecida, na Vila Esperança, o tradicional bolo no pote com a medalhinha da santa reúne fiéis há cerca de três anos.

A medalha consagrada vem do Santuário Nacional de Nossa Senhora, na cidade de Aparecida, interior de São Paulo. Lá, foi construída a primeira igreja para a santa em 1745. Segundo o padre da paróquia, Francisco Gecivam Garcia, nenhum fiel ficará sem ganhar a medalhinha, já que todos os bolos tem a lembrança dentro.

“Não queremos escolher alguém para receber a graça e o milagre, achamos por bem colocar em todos os bolos para que todos possam ter essa possibilidade de receber as graças, levando a medalhinha consagrada”, disse o padre.

O bolo tem 500g e pode ser comprado por R$ 8 durante a semana na secretaria da paróquia ou no dia da celebração. A entrega será na sexta-feira, a partir das 8h, na Praça Nossa Senhora Aparecida, que fica em frente a igreja. Além da entrega do bolo, os fiéis organizam o terço mariano e um café da manhã na praça. A missa solene com coroação de Nossa Senhora esta marcada para às 10h na igreja matriz.

Durante as celebrações, a paróquia organizou testemunhos de fiéis que receberam milagres de Nossa Senhora. Segundo Francisco Garcia, um dos depoimentos será de uma mulher, que não era católica, mas decidiu ir até o santuário de Aparecida em São Paulo. Ela pediu a intercessão da santa para que fosse curada de um câncer e, de acordo com o padre, foi atendida.

A imagem simples, quebrada e escurecida pelo tempo foi encontrada por três pescadores no Rio Paraíba em outubro de 1717. Segundo Francisco Garcia, o fato da santa ser negra e ter sido encontrada durante a escravidão no Brasil, é um dos motivos que explica a admiração popular por Nossa Senhora.

De acordo com o catolicismo, logo após encontrarem a imagem, os pescadores conseguiram encher as redes com uma quantidade abundante de peixes. Esse seria uma dos primeiros milagres de Nossa Senhora que, em 1931, foi considerada padroeira do Brasil.

Cenáculo com Maria e missas na Catedral

Além das celebrações nas paróquias da Arquidiocese de Maringá, a Catedral Nossa Senhora da Glória terá missas às 7h, 12h e 18h30. Para celebrar o dia de Nossa Senhora Aparecida, a Renovação Carismática Católica (RCC) organiza o Cenáculo com Maria no pavilhão azul do Parque de Exposições Francisco Feio Ribeiro.

O evento começa às 13h e se encerra com a missa às 19h. A entrada é 1kg de alimento não perecível. Neste ano, o Cenáculo com Maria tem como tema a passagem bíblica do evangelho de Lucas “faça-se em mim segundo a tua palavra”.

Além de membros da RCC da Argentina e de Cascavel, o Cenáculo terá a participação do Arcebispo de Maringá, Dom Anuar Battisti. Como o dia 12 também é dia das crianças, a organização também preparou uma programação voltada para a criançada.

Artigos Relacionados

Empregos em Maringá

Últimas vagas de Empregos

GUIAS