Começa o Big Brother na UEM, com 159 câmeras de alta definição, 24 horas do por dia. Investimento passa de R$ 2 milhões

Por: - 8 de outubro de 2018
Central de Monitoramento Inteligente da UEM, que será inaugurada nesta terça-feira

Nesta terça-feira (9/10), começa o “Big Brother” na Universidade Estadual de Maringá. Durante 24 horas por dia, todos os dias, 159 câmeras de alta definição passarão a operar conectadas com a Central de Monitoramento Eletrônico da UEM, onde foram instalados nove monitores de 49 polegadas e três mesas operadoras com software de gerenciamento.

A necessidade de melhorar a segurança no campus vem sendo discutida desde 2008, quando foram instaladas as primeiras câmeras, mas que não gravavam e tampouco eram ligadas a uma central. Em 2014, com o auxílio da Polícia Militar, foi desenvolvido um projeto para a instalação de um sistema mais moderno e identificado as áreas de risco.

A execução do projeto foi licitada, arrematada por R$ 2,046 milhões e a ordem de serviço se deu em maio passado. As cinco guaritas de vigilância existentes no campus também receberão as imagens das câmeras instaladas nas áreas próximas, cerca de 16 cada uma. Na Central, os agentes farão turnos de 8 horas, pelo menos dois por turno.

“As imagens poderão ser vistas pelos agentes e serão gravadas, mas o acesso às gravações, que ficarão armazenadas por 30 dias, é restrito e só serão disponibilizadas pelo Núcleo de Processamento de Dados mediante solicitação formal”, disse a diretora de Serviços e Manutenção, Ezeni Claro da Silva. As câmaras estão em teste há uma semana.

A grande maioria das câmeras está instalada em áreas externas do campus, à exceção de uma pequena parte que está localizada em oito blocos didáticos, como são chamados os prédios onde só existem salas de aula. Os agentes que farão o monitoramento passarão por um treinamento para assimilar os recursos das mesas operadoras.

Serviço

  • O que: Inauguração da Central de Monitoramento Eletrônico da UEM
  • Onde: Bloco B-10, onde fica a Central
  • Quando: Nesta terça (9/10), às 10h30


Denúncia de suposto assédio em ônibus de Maringá na rede social tem reação enérgica do prefeito. Caso não teve B.O.

A denúncia de suposto assédio em ônibus do transporte coletivo em Maringá feita por meio do Twitter na terça-feira (12/2) chegou até o prefeito...

Concurso do Aeroporto de Maringá tem onze vagas em sete cargos. Salário varia de R$ 1,4 mil a R$ 5,7 mil

O período de inscrições é de 20 de fevereiro a 20 de março. O valor da inscrição varia de R$ 70 a R$ 140.

Após decisão do STF, seis cartórios judiciais de Maringá vão ser estatizados. Saiba quais são

Cabe ao Tribunal de Justiça do Paraná realizar concurso público para estatizar cartórios judiciais privados.

Criado em Maringá, aiqfome é o app de delivery mais bem avaliado do Brasil, à frente do iFood

Na Apple Store, a nota dos usuários do aiqfome é 4.9 e na Google Play, 4.8.

Denúncia de suposto assédio em ônibus de Maringá na rede social tem reação enérgica do prefeito. Caso não teve B.O.

A denúncia de suposto assédio em ônibus do transporte coletivo em Maringá feita por meio do Twitter na terça-feira (12/2) chegou até o prefeito...

Concurso do Aeroporto de Maringá tem onze vagas em sete cargos. Salário varia de R$ 1,4 mil a R$ 5,7 mil

O período de inscrições é de 20 de fevereiro a 20 de março. O valor da inscrição varia de R$ 70 a R$ 140.

Costelaria e choperia de Londrina, Sr. Zanoni, vai abrir no antigo endereço da Costelaria BR3 de Maringá

No cardápio, o Sr. Zanoni oferece assados de picanha, mignon com queijo e costela.

Após decisão do STF, seis cartórios judiciais de Maringá vão ser estatizados. Saiba quais são

Cabe ao Tribunal de Justiça do Paraná realizar concurso público para estatizar cartórios judiciais privados.

Empregos em Maringá

Últimas vagas de Empregos

GUIAS