Você sabe o que é dermatite atópica? Encontro da Sociedade Brasileira de Dermatologia em Maringá discute formas de tratamento da doença neste sábado

Por: - 21 de setembro de 2018
Dermatite atópica pode atingir até 25% das crianças e 7% dos adultos (Imagem/ Sociedade Brasileira de Dermatologia)

A dermatite atópica é uma doença de pele comum entre os brasileiros que, além de causar lesões e coceiras, pode afetar a autoestima de quem é diagnosticado. Para melhorar a qualidade de  vida dos pacientes atópicos e discutir formas de tratamento da doença, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) em Maringá realiza neste sábado (22/9), a partir das 8h, o Primeiro Encontro de Dermatite Atópica de Maringá.

O evento é gratuito e ocorre na véspera do Dia Nacional de Conscientização de Dermatite Atópica. O encontro será realizado na Sociedade Médica de Maringá e as inscrições podem ser feitas no local. Organizado pelo Grupo de Apoio Permanente (Grape) da SDB, o objetivo é reunir médicos, pacientes e familiares para trocar informações sobre o tratamento e discutir a saúde psicoemocional de quem é diagnosticado com a doença.

Segundo a dermatologista e coordenadora do Grape, Sineida Berbet Ferreira, o encontro é multidisciplinar e reúne desde estudantes de medicina até dermatologistas, psiquiatras, gastroenterologistas e imunologistas. A ideia, de acordo com Sineida, é que esses profissionais “possam tratar o paciente como um todo”. Segundo a dermatologista, a doença atinge até 25% das crianças e 7% dos adultos.

“A gente sabe que os pacientes com dermatite atópica tem maior incidência de déficit de atenção e podem desenvolver um quadro muito importante de depressão. Essa doença deixa de ser apenas uma alergia na pele e se torna uma doença sistêmica e inflamatória e precisa ser olhada de uma maneira diferente”, afirmou.

Em Maringá, existe uma lei municipal de apoio e conscientização sobre a dermatite atópica. Porém, Sineida afirmou que ainda existe muitos pacientes que não têm acesso facilitado aos medicamentos e tratamentos corretos. “A lei ainda não criou uma mudança no tratamento de dermatite atópica em Maringá, mas abriu um espaço para que possam ser implantadas ações efetivas de tratamento”, afirmou.

Além das discussões sobre dermatite atópica, os pacientes poderão tirar dúvidas com os especialistas e participar de um workshop de hidratação. Ao final, os participantes ganham  produtos para cuidar da pele e participam de outros sorteios. A organização também prepara um espaço com atividades lúdicas para as crianças.

Para a dermatologista, o evento também ajuda a desmistificar algumas informações equivocadas sobre a dermatite atópica. “É muita desinformação, tanto dos próprios pacientes, como, às vezes, dos profissionais da saúde. Então, a gente precisa ter essa atualização e entender que é uma doença que vai muito além da pele”, disse.

Saiba mais sobre dermatite atópica

O que é dermatite atópica? 

Pacientes com a doença tem a função de barreira protetora da pele alterada e convivem com alergia cutânea que pode desencadear pele seca, erupções que coçam e crostas, principalmente nas dobras do corpo, como pescoço, cotovelo e atrás do joelho. Outras características da doença são esfoliações causadas por coceiras, vermelhidão ou inflamação na pele, que também podem surgir após irritações prolongadas.

Como é o tratamento? 

A doença é controlada com identificação e controle dos fatores desencadeantes, além de medicação adequada e realização de consultas regulares com um dermatologista. Segundo Sineida, com o avanço da medicina, novas formas de tratamento são desenvolvidas e um Guia Latino Americano de tratamento de dermatite está sendo elaborado para padronizar o tratamento da doença.

Confira a programação do Encontro de Dermatite Atópica

  • 8h – Inscrições
  • 8h30 – Abertura
  • 8h40 – Dermatite atópica – mesa redonda com palestrantes: o que é dermatite atópica?
  • A marcha atópica – dermatite, asma e rinite
  • Amamentação e prevenção de dermatite atópica
  • Aspectos neurológicos e psicológicos associados a dermatite atópica – déficit de atenção/ hiperatividade/ depressão
  • Alergia alimentar X dermatite atópica
  • 10h – Coffee break
  • 10h40 – Tire suas dúvidas com nossos especialistas (dermatologista, imunologista, gastroenterologista, psiquiatra, psicóloga, nutricionista)
  • 11h30 – Aprendendo a usar os emolientes no dia a dia – workshop de hidratação. Todos os participantes
  • 12h15 – Lançamento do projeto piloto municipal de dermatite atópica
  • 12h30 – Encerramento

Serviço: 

  • Dia: 22/9
  • Local: Sociedade Médica de Maringá, Rua das Imburanas, 176, Zona 5
  • Horário: 8h às 12h30
  • Informações: (44) 3225-2162

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.