A sorte passou por Maringá nesta semana e, quem sabe ainda não está por aqui: cinco loterias da Caixa estão acumuladas com prêmios milionários

Por: - 30 de agosto de 2018
Apostadores em lotérica da Avenida Brasil, na Vila Operária nesta quinta-feira (30/8) (Imagem/Murillo Saldanha)

Cinco loterias da Caixa Econômica Federal estão acumuladas com prêmios milionários: Mega-Sena, Quina, Lotomania, Timemania e Dupla Sena. Entre todos esses concursos, o maior prêmio é o da Mega-Sena. Quem acertar sozinho os seis números no sorteio deste sábado (1/9) pode levar para casa R$ 45 milhões.

Se a sorte estiver a favor de alguém nesta quinta-feira (30/8) e não acumular, a estimativa de prêmio da Quina é de R$ 10,5 milhões, da Timemania R$ 5,7 milhões e da Dupla Sena R$ 4 milhões. Na sexta-feira (31/8), a Lotomania pode pagar até R$ 5,5 milhões. Além disso, o Sorteio Especial da Independência tem prêmio de R$ 68,5 milhões.

Talvez este seja um bom momento para o maringaense arriscar e quem sabe conseguir independência financeira. Nesta semana, uma aposta de Maringá acertou os sete números da loteria Dia de Sorte e levou sozinho R$ 1.195.763,44.

Que as chances de ganhar são poucas, além de uma questão matemática, foi uma unanimidade entre os apostadores que preenchiam as cartelas de apostas em uma lotérica na Avenida Brasil, na Vila Operária, nesta quinta-feira (30/8).

A possibilidade de acertar os seis números da Mega-Sena com uma aposta simples, por exemplo, é de 1 em 50.063.860. Mas a esperança de mudar de vida, mesmo que remota, fala mais alto e, mesmo contrariando a mulher, Luiz Artur, 72 anos, joga pelo menos duas vezes na semana.

“Mas só aposto alguns troquinhos”, disse ele na fila da lotérica. O aposentado chegou na loja com as cartelas já preenchidas com os mesmos números de sempre. No caixa, ele pede mais outros jogos surpresas, com números escolhidos à revelia pelo computador.

Luiz Artur também apostou na Mega-Sena e afirma que “não existe mandinga” para ganhar. Como a maioria das pessoas, mesmo antes de ganhar ele faz os planos do que fará com os milhões na conta bancária.

“Somos em dez irmãos, então vou dar um milhão para cada um, um milhão pra cada um dos meus três filhos e um pouquinho pra véia”, diz ele caindo na gargalhada. Quem também vai ficar muito feliz se ganhar, nem que seja uma parte de algum dos prêmios das loterias, é Isaías Correia de Assis de 63 anos.

Para ele, jogar na loteria é um hobby: “Se não tem nada pra fazer eu falo, ah! vamos lá na lotérica”. Porém, não é sempre que Assis joga, isso ocorre no máximo uma vez por semana e tem vezes que até esquece de fazer uma aposta. Ele aposta desde 1970 e o máximo que ganhou até hoje foi R$ 16.

Desempregado há cerca de um mês, Isaís Correia afirma que o prêmio pode ajudá-lo, mas que não vai ficar com tudo. “Se ganhar vou dar muita risada, mas eu ia ajudar muita gente, entidades e parentes, mas só um pouquinho, se der tudo acaba, né?” Ele quer repetir a sorte do irmão, que em 1972 ganhou uma boa grana em uma loteria da Caixa.

Ah, em tempo: antes de ir no caixa pagar as cartelas, Correia me pediu para fazer uma aposta na Quina e anotou meu nome. Caso a aposta seja premiada, ele disse que vai dividir o prêmio comigo. Tô na expectativa!

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.