Ruas e avenidas do centro de Maringá serão interditadas na manhã de domingo para a realização da Maratona de Revezamento “Pare de Fumar Correndo”

Por: - 24 de agosto de 2018

Várias ruas e avenidas de Maringá serão interditadas na manhã deste domingo (26/8) para a realização da XV Maratona de Revezamento Vanderlei Cordeiro de Lima “Pare de Fumar Correndo”.

A maratona comemora o Dia Nacional de Combate ao Fumo e é realizada pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), Lions Clube Maringá Universitário Integração, com o apoio da Prefeitura de Maringá.

A largada vai acontecer às 7h30, em frente ao Paço Municipal. Cada equipe, composta por oito atletas, vai percorrer uma distância de 42,195 metros. A prova é homologada pela Confederação Brasileira de Atletismo (Cbat).

Para garantir a segurança dos atletas e do público, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) vai interditar várias ruas e avenidas no centro da cidade a partir das 7 horas.

As interdições envolvem as vias do entorno do Parque do Ingá, além de um retângulo formado pelas avenidas XV de Novembro, Tiradentes e Paraná (veja no mapa). As vias serão liberadas a partir das 13 horas, com exceção da área ao redor do parque, que vai permanecer fechada para dar espaço a atividades de lazer.

A prefeitura informou que, por causa da Maratona, não haverá festival dos food trucks na manhã deste domingo (26/8). A feira do parque será mantida, mas vai ser montada na área interna de estacionamento do Parque do Ingá.

Maratona nasceu de projeto de tabagismo

Como forma de combater a dependência à nicotina, a UEM mantém o projeto Tabagismo que realiza o tratamento e acompanhamento de usuários de tabaco de Maringá e região.

Grupos de 15 participantes, em média, participam de sessões estruturadas a partir de triagem que analisa perfis tabágicos e psicológicos, grau de dependência, motivação e tarefa para não fumar.

Os encontros são realizados no Museu Dinâmico Interdisciplinar e tem duração aproximada de uma hora e meia.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo o mundo, sendo responsável por 63% dos óbitos relacionados às doenças crônicas não transmissíveis.

Dessas, o tabagismo é responsável por 85% das mortes por doença pulmonar crônica (bronquite e enfisema), 30% por diversos tipos de câncer (pulmão, boca, laringe, faringe, esôfago, pâncreas, rim, bexiga, colo de útero, estômago e fígado), 25% por doença coronariana (angina e infarto) e 25% por doenças cerebrovasculares (acidente vascular cerebral).

Mais informações sobre o projeto Tabagismo podem ser obtidas pelo fone: (44) 3011-5988 ou e-mail [email protected]

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.