Projeto Meu Campinho chega a Maringá: serão construídas 13 quadras com grama sintética e playground. Veja se seu bairro terá uma das unidades

Por: - 21 de agosto de 2018
Imagem ilustrativa do projeto Meu Campinho / Prefeitura de Maringá

Treze quadras descobertas com grama sintética, cada uma com um playground em piso emborrachado, em 11 bairros e nos dois distritos de Maringá deverão ser construídas em 120 dias após as assinaturas dos contratos. É o que prevê a licitação lançada pela prefeitura, que está disposta a pagar até R$ 7.211.268,92 pelo conjunto das obras.

Os complexos denominados Meu Campinho fazem parte de um programa do governo estadual, o Paranacidade, que fornecerá os recursos necessários para viabilizar a implantação das quadras e playgrounds. A concorrência é dividida em cinco lotes e os envelopes deverão ser abertos às 9 horas do dia 21 de agosto.

Os campos de futebol terão grama sintética, alambrado, rede de cobertura em polietileno, baldrame, estacas em concreto armado e traves com redes. Já os playgrounds contarão com piso em borracha sobre contrapiso de concreto e equipamentos em cabo com alma de aço, como pirâmide, teia, ponte, espiral, vertical e paralelas.

Os complexos também terão conjunto de mesas e bancos para jogos, floreiras e bebedouros em concreto, além de um pergolado em madeira plástica. O lote 1 prevê a construção de três unidades: no Parque Residencial Quebec, Jardim Licce e Jardim Piatã. A área total de intervenção é de 6,6 mil m² e o preço máximo R$ 1,585 milhão.

O lote 2 trata das duas unidades nos distritos de Floriano e Iguatemi. A área tem 6 mil m² e o preço máximo previsto na licitação é R$ 1, 119 milhão. Em relação ao terceiro lote, com três quadras e três parquinhos, as unidades ficarão no Parque Residencial Andrea, Jardim Everest e Jardim Aurora. A área total chega a 7,2 mil m² e o preço R$ 1,647 milhão.

O quarto lote contempla o Jardim Novo Oásis, os conjuntos habitacionais Itatiaia / Parigot de Souza e o Residencial Guaiapó. São três unidades que somam 11,1 mil m², com o maior preço R$ 1,753 milhão. O último lote vai beneficiar o Conjunto Habitacional Del Plata e o Jardim Cidade Monções. A área de intervenção tem 6,4 mil m² e o preço R$ 1,104 milhão.

Veja os endereços de cada um dos complexos

1 – Parque Residencial Quebec – Avenida São Judas Tadeu X Rua Palmital

2 – Jardim Licce – Rua Mieko Imai da Silva X Rua Pion. Hermínio Zenaro Manin

3 – Jardim Piatã – Avenida Tuiutí X Rua Rio Samambaia

4 – Distrito de Floriano – Avenida Antônio Santiago Gualda X Rua Pioneiro José Teixeira Neto

5 – Distrito de Iguatemi – Rua 33.160 X Rua 33.152 X Rua 33.161

6 – Parque Residencial Andrea – Rua Pioneiro Amadeu Boggio Merlo X Rua Prof. Antonio Primo Milani X Rua Ivio Domingos Crestani

7 – Jardim Everest – Rua José Antônio Rodrigues X Rua Antônio Nunes de Souza

8 – Jardim Aurora – Rua Garça X R. Pioneiro Frederico Hofferer

9 – Jardim Novo Oásis – Praça Pioneiro Bento de Freitas da Silva, Avenida Guaiapó

10 – Conjuntos Itatiaia e Parigot de Souza – Praça Pioneiro Júlio Ribeiro Vilella

11 -Conjunto Guaiapó – Rua Libertador San Martin X Rua Pion. Antônio Alves Munhoz X Rua Jorge Luiz Formighieri Totti

12 – Conjunto Del Plata – Rua Baía Blanca / Rua Bariloche / Rua Lásaro Bento

13 – Jardim Cidade Monções – Avenida Joaquim Duarte Moleirinho X Rua Marino Paolichi

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.