Número de postos com gasolina em Maringá aumenta, assim como as filas. Veja localização e preços de 28 deles

Por: - 29 de maio de 2018

Às 15h30 desta terça-feira (29/5), dos 77 postos de revenda de combustíveis existentes em Maringá, pelo menos 28 deles estavam vendendo gasolina. As filas de veículos e, em alguns deles, também de pedestres com galões, chegam a ser quilométricas.

O levantamento foi feito a partir do aplicativo do governo estadual Nota Paraná, que indica em tempo real os postos que emitiram nota fiscal ao consumidor. O filtro utilizado pela reportagem foi de venda com nota nas últimas 12 horas.

Com a PM oferecendo escolta para o transporte de combustíveis em Maringá, conforme determina duas liminares obtidas pelo Sindicombustíveis-PR, o número de postos reabastecidos que ligaram as bombas tem aumentado desde o meio da manhã.

A maioria dos postos de combustíveis de Maringá está com as bombas desligadas desde quinta-feira passada (24/4), em virtude da greve. Na noite de segunda-feira (28/5), após acordo entre o governo do Estado e representantes dos caminhoneiros, combustíveis começaram a chegar nos postos da cidade.

Os dois primeiros postos que teriam começado a vender gasolina em Maringá foram o Carajás e o Veneza. Na CPA Armazéns Gerais, na estrada velha entre Sarandi e Marialva, onde oito distribuidoras mantém estoques, a entrada e saída de caminhões-tanque “é grande”, segundo fontes internas da empresa.

“Só sai caminhão com escolta”, disse a fonte. O diretor comercial, Marco Orozimbo, que fala sobre o assunto, por estar no pátio “e muito corrido no dia de hoje”, não pode atender as ligações. Operam no CPA as distribuidoras Alessab, Cia Petro, Estrada, Ipiranga, Potencial, Rejaime, Rodooeo e Royal Sic.

Veja preço e localização dos postos com gasolina em Maringá

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.