Drone cruza rota do helicóptero do Samu de Maringá durante deslocamento de socorro. Veja vídeo feito pelo médico

Por: - 18 de maio de 2018

A presença de drones em espaços aéreos proibidos tem causado preocupação entre autoridades, pilotos e passageiros de aeronaves em Maringá, pelo risco de acidentes que podem ser “muito graves”.

Nesta sexta-feira (18/5) o médico socorrista do Samu, Maurício Lemos, divulgou um vídeo gravado no dia 23 de abril, às 12h30, quando o helicóptero do Samu se deslocava para atender a uma ocorrência em Astorga.

O drone, na região do aeroporto velho, foi avistado a cerca de 500 metros à frente do helicóptero Esquilo pelo piloto Raphael Chiossi, que avisou a tripulação e desviou para a direita. O drone passou à esquerda em alta velocidade e foi filmado pelo médico.

“Nós estávamos voando a 500 pés (150 metros) e o drone estava na mesma altura, quando o máximo permitido são 400 pés (120 metros)”, disse o médico no final da manhã desta sexta-feira.

O Samu apresentou um Relatório de Prevenção junto ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), do Departamento de Controle de Espaço Aéreo (Decea), do Ministério da Aeronáutica.

Embora a equipe do helicóptero do Samu tenha anotado as coordenadas do drone, não foi possível identificar o proprietário do aparelho. “Nossa ocorrência era urgente e na volta já não avistamos o drone”, relatou.

“Tem sido cada vez mais comum o relato da presença de drones em espaços irregulares em Maringá”, afirmou o médico. Veja o vídeo gravado por Maurício Lemos.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.