Campanha de Vacinação contra a Influenza começa nesta segunda-feira (23/4). Paraná registrou cinco óbitos em 2018

Por: - 22 de abril de 2018
Cobertura vacinal atingiu a meta da Secretaria de Saúde (Imagem/Pedro Ventura Agência Brasília)

A Campanha de Vacinação contra a Influenza 2018 começa nesta segunda-feira (23/4). A estimativa é que 3,2 milhões paranaenses sejam imunizados. A vacina será oferecida nas Unidades de Saúde de todos os 399 municípios do Paraná até o dia 1º de junho.

O público alvo da campanha são as pessoas com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a 4 anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres em até 45 dias depois do parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e professores das instituições públicas e privadas.

O secretário estadual da Saúde, Antônio Carlos Nardi, recomenda ao público alvo procurar os locais de vacinação no início da campanha. “Após a aplicação, a vacina demora, em média, 15 dias para fazer o efeito. Quanto mais cedo for feita a imunização, melhor será a eficácia da vacina, principalmente neste período de baixas temperaturas”, diz.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, foram registrados este ano, até sábado (14/4) 529 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), 31 deles confirmados para o vírus Influenza. E, de 74 óbitos notificados por SRAG, cinco foram confirmados para o vírus Influenza.

A meta de cobertura vacinal é atingir 90% do público-alvo. As doses são enviadas pelo Ministério da Saúde para a secretaria estadual, que faz a distribuição para as Regionais de Saúde. O primeiro lote recebido continha cerca de 1,3 milhão de doses.

“A vacina contra a gripe é extremamente segura e eficaz. Mas há outras medidas de prevenção como a higienização das mãos, uso do álcool gel, manter os ambientes bem ventilados e utilizar lenços descartáveis ou cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir”, reforça a superintendente de vigilância em Saúde, Júlia Cordellini.

Esquema especial para vacinação contra Influenza

Em Maringá, durante o período da campanha de vacinação contra Influenza, o atendimento na Sala de Vacina, que fica na Secretaria de Saúde, será diferente. Haverá uma entrada em separado para o cadastro e aplicação da dose.

Diariamente, às 15 horas, serão distribuídas senhas para quem ainda estiver na fila para atendimento no mesmo dia. Quando o limite de senhas for atingido, as pessoas serão orientadas a voltar no dia seguinte ou procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

As outras vacinas que compõem o calendário continuarão a ser oferecidas na Sala de Vacina dentro do procedimento normal de atendimento, das 7 horas às 17 horas.

A vacina contra a Influenza também estará disponível nas 34 Unidades Básicas de Saúde. A UBS Zona Sul funciona até as 19 horas e a UBS Quebec até as 20 horas. Nas demais, o atendimento é das 7 horas às 17 horas.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.