Já comprou os chocolates? Pesquisa do Procon mostra o comparativo de preços dos ovos de Páscoa em Maringá

Por: - 18 de março de 2018

Os preços dos ovos de Páscoa em Maringá chegam a ter variação acima de 95%. Foi o que constatou o Procon em pesquisa realizada em oito estabelecimentos comerciais. O trabalho foi realizado entre os dias 12 e 16 de março.

O levantamento inclui 83 produtos das principais marcas. Em relação aos produtos da Nestlé, a maior variação foi constatada no Ovo de Páscoa Nestlé Leite 185g. O preço teve uma variação de 95,59%, de R$ 21,98 a R$ 42,99.

No geral, os produtos da Nestlé apresentaram variação média de 42,22%.

Nos produtos da Kinder Ovo, a maior variação encontrada foi no Kinder Ovo Maxi Star Wars 100g. A diferença nos preço chegou a 41,07%. Ao considerar todos os produtos da Kinder Ovo, a variação média da marca ficou em 34,95%.

Nos produtos da Garoto, a maior variação foi no Ovo de Páscoa Garoto Serenata de Amor 190g. A diferença chegou a 95,72%. Na média, ao considerar todos os produtos da Garoto, a variação do preço ficou em 31,59%.

Nos produtos Ferrero Rocher, a maior variação foi identificada no Ovo de Páscoa Ferrero Rocher Collecti, no percentual de 45,29%. A média de variação do preço da marca foi de
32,33%.

Nos produtos Lacta, a maior variação encontrada foi da Caixa de Bombom Sortidos Lacta 289,2g. A diferença constatada foi de 71,78%. Na média, a variação dos produtos da Lacta ficou em 28,92%.

Nos produtos Arcor, a maior variação encontrada, foi no Ovo Tortug Branco 150g. A diferença no percentual foi de 71,25%. Na média da marca Arcor, a variação do preço verificado pelo Procon foi de 26,32%.

A pesquisa apurou ainda a variação total do preço médio entre os estabelecimentos pesquisados no percentual de 33,05%.

Confira todos os preços dos ovos de Páscoa

O Procon reforça a importância de pesquisar antes de comprar qualquer produto. A grande variação dos preços dos ovos de Páscoa sinaliza que é possível economizar na compra dos chocolates.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.