Morre em Maringá, aos 84 anos, o fundador do Sivamar, comerciante e advogado Luiz Julio Bertin

Por: - 2 de março de 2018
Fundador do Sivamar, Luiz Julio Bertin, presidiu por 23 anos a entidade / Foto: Reprodução

Morreu, na manhã desta sexta-feira (1/3), aos 84 anos, o fundador do Sindicado dos Lojistas do Comércio Varejista e Atacadista de Maringá e Região (Sivamar), Luiz Julio Bertin, que presidiu a entidade da data de fundação, em 1974, até 1997.

Comerciante aposentado, advogado e militante, Bertin foi também presidente da Associação Comercial e Empresarial de Maringá na gestão 1974-1975.

Nascido em Joaçaba, Santa Catarina, Luiz Júlio Bertin mudou-se com os pais para Cornélio Procópio, onde a família instalou uma casa comercial. Em menos de um ano resolveram se mudar para Londrina, onde, em 1957, a família inaugurou a Decorações Bertin.

Dez anos depois, devido ao grande número de clientes no Mato Grosso e até mesmo do Paraguai, os Bertin inauguraram uma filial em Maringá, na Rua Santos Dumont. Luiz Júlio Bertin ficou responsável pelo novo empreendimento.

A iniciativa de criação do Sivamar partiu de Bertin, que na época contou com o apoio de 35 empresários do comércio de Maringá.

Em 4 de dezembro de 1973 o grupo reuniu-se na sede da Associação Comercial de Maringá para a realização da Assembleia Geral para a fundação da Associação dos Lojistas do Comércio e do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios, de Maquinismos, Ferragens e Tintas, de Materiais Elétricos e Eletrodomésticos de Maringá.

Foi o primeiro passo para o surgimento do sindicato, o que aconteceria dois anos depois, em 25 de junho de 1976.

Entre as inúmeras realizações em seus 23 anos à frente do Sivamar está a aquisição da sede própria da entidade, no Edifício Palácio do Comércio, local onde o sindicato funciona até hoje.

O corpo será velado a partir das 20 horas, na capela do Prever situada no Cemitério Parque de Maringá. E cremado as 11 horas do sábado (3/3), no Angelus Crematório.

 

 



Estudante de Química da UEM é morto em atentado em Maringá. Mais dois jovens ficaram feridos

O jovem estudante morreu na Rua Mandaguari esquina com a Rua Bragança, na zona 7.

Vítima do atentado em Maringá, professor Mima fazia Mestrado na UEM e dava aulas em cursinho de Apucarana

No Facebook, jovem se apresentava com a frase: "Eu tenho um sonho... Isso é tudo que preciso..."

Autor do ataque em pensionato de Maringá conhecia as vítimas e morava na casa há mais de um ano

O enterro da vítima será nesta segunda-feira (18/3), às 15h, no Cemitério Municipal de Conchas, no interior de São Paulo.

Prazo de inscrições para o concurso do Aeroporto de Maringá se encerra na quarta-feira

Os salários variam de R$ 1,49 mil, para auxiliar administrativo e auxiliar de operações aeroportuárias, a R$ 5,72 mil para engenheiro civil.

Agência do Trabalhador de Maringá abre 153 vagas. Tem dez para operador de caixa

Cargos com maior número vagas são de montador de estruturas metálicas, com 16, e soldador, com 11.

Estudante de Química da UEM é morto em atentado em Maringá. Mais dois jovens ficaram feridos

O jovem estudante morreu na Rua Mandaguari esquina com a Rua Bragança, na zona 7.

Vítima do atentado em Maringá, professor Mima fazia Mestrado na UEM e dava aulas em cursinho de Apucarana

No Facebook, jovem se apresentava com a frase: "Eu tenho um sonho... Isso é tudo que preciso..."

Autor do ataque em pensionato de Maringá conhecia as vítimas e morava na casa há mais de um ano

O enterro da vítima será nesta segunda-feira (18/3), às 15h, no Cemitério Municipal de Conchas, no interior de São Paulo.

Prazo de inscrições para o concurso do Aeroporto de Maringá se encerra na quarta-feira

Os salários variam de R$ 1,49 mil, para auxiliar administrativo e auxiliar de operações aeroportuárias, a R$ 5,72 mil para engenheiro civil.

Agência do Trabalhador de Maringá abre 153 vagas. Tem dez para operador de caixa

Cargos com maior número vagas são de montador de estruturas metálicas, com 16, e soldador, com 11.

Empregos em Maringá

Últimas vagas de Empregos

GUIAS