Dos 11 sorteios deste ano, Mega Sena acumulou em dez: prêmio de quinta-feira (8/2) chega a R$ 59 milhões

Por: - 7 de fevereiro de 2018
Fila em lotérica no Maringá Velho, na tarde desta quarta-feira

“A primeira coisa que eu faria seria separar da mulher”, respondeu de bate-pronto e soltando uma sonora gargalhada o aposentado de 78 anos que estava na fila de uma pequena lotérica da Avenida Brasil, no Maringá Velho, à ‘inédita pergunta’ sobre o que faria se ganhasse a bolada de R$ 59 milhões da Mega Sena, que será sorteada nesta quinta-feira (8/2).

A se manter do jeito que anda a Mega Sena, seu Osmir Mazzer não ficará solteiro tão cedo: dos 11 sorteios realizados este ano, dez acumularam. O único sorteio que pagou o prêmio principal foi o do concurso 2004, que ocorreu em um sábado de janeiro, justamente no simbólico dia 13. Foram quatro ganhadores, que dividiram R$ 12 milhões, um deles de Curitiba. Os números sorteados foram 1, 5, 14, 23, 35 e 45.

Para o concurso 2012, que corre nesta quinta-feira, depois de sete sorteios sem nenhum ganhador do prêmio principal, a previsão é que sejam pagos R$ 59 milhões. Aplicados na poupança, a 7,5% ao ano, o rendimento mensal seria de R$ 368.750,00 – dinheiro que daria, por exemplo, para o seu Mazzer comprar um bom apartamento de três quartos por mês no Novo Centro de Maringá.

Número que mais saiu este ano foi o 22

Nos dez concursos acumulados neste ano, dos seis números inteiros constantes na cartela de apostas, apenas o 60 ainda não saiu. O 20, por exemplo, já foi sorteado duas vezes e o número mais constante é o 22, que se repetiu três vezes. A última vez que o 60 saiu faz quase um ano – foi no dia 23 de fevereiro. Aquele sorteio acumulou e o prêmio foi para R$ 30 milhões.

Seu Mazzer, depois da brincadeira que pode até levá-lo à vida de solteiro sem a fortuna da Mega Sena no bolso, disse, mais sério, que dividiria o dinheiro com os quatro filhos. Ele contou que já acertou a quadra “quatro ou cinco vezes” e que em duas o jogo foi feito naquela lotérica onde estava. “Deu uns R$ 500 reais cada vez”. Nada suficiente para mudar de vida.

Já o administrador de empresas Altevir Antonio Bergamasso, 31 anos, que também estava na fila para pagar contas e fazer duas apostas simples, disse, inicialmente, que não tinha nem ideia do que faria com o prêmio. Depois falou que iria viajar com a mulher e os dois filhos, “primeiro pelo Brasil, depois pelo mundo”. Que assim seja! E que dona Mazzer não leia isto.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.