Mutirão de avaliação para prótese dentária começa neste sábado: existem pessoas na fila desde 2014

Por: - 19 de janeiro de 2018
Mutirão será realizado na Policlínica Zona Norte durante quatro sábados para zerar a fila de espera / PMM

Neste sábado (20/1) começam as avaliações de prótese dentária, entre 8h e 18h, na Policlínica Zona Norte – localizada na Avenida Sophia Rasgulaeff, 1.053. Serão realizados 300 atendimentos por dia e a ação se estende aos dias 27 de janeiro, 3 e 10 de fevereiro, no mesmo local – totalizando 1,2 mil avaliações.

A campanha faz parte de um mutirão para atualizar a situação das pessoas que aguardam na fila pelo serviço – tem gente na espera desde 2014. Para algumas situações, como tártaro e cárie, é necessário um tratamento inicial e a prótese é apenas a última etapa.

Depois da avaliação, os pacientes serão direcionados de acordo com a situação de cada um, para o serviço de prótese. Serão oferecidas próteses totais removíveis (dentadura comum), próteses parciais removíveis (PPR) e implantes (nesse caso para desdentados totais).

Todas as pessoas que serão atendidas no primeiro dia foram avisadas por telefone. As que serão atendidas nos sábados seguintes estão sendo procuradas para confirmar presença. Como alguns cadastrados estão desatualizados, quem estiver na fila deve procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima para ajudar os agendamentos.

Objetivo é garantir fluxo do atendimento

A gerente de saúde bucal, Riquely Contessoto, assumiu o cargo no começo de outubro de 2017 e afirma que a secretaria de Saúde deu liberdade para o trabalho intensivo com ações de atendimento e garantia da saúde bucal da população.

“Me surpreendi com algumas situações, principalmente com as filas extensas para certos tipos de atendimento. Iremos intensificar as ações de forma organizada para não voltar a ter esse tipo de acúmulo. O foco agora é eliminar a fila e, dependendo da necessidade, novos mutirões serão realizados”, esclarece.

Riquely informa que também tem como objetivo ampliar o conhecimento da população sobre a importância do acompanhamento odontológico e, para isso, é necessário que as pessoas conheçam os serviços oferecidos.

Serviços oferecidos e como participar

O atendimento odontológico acontece em todas as UBS de Maringá, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Quem precisar do atendimento, deve se encaminhar à unidade na qual está cadastrado com o cartão do SUS e um comprovante de residência para fazer o agendamento para avaliação.

O atendimento geral é na UBS, mas em especialidades o paciente é encaminhado para o Centro de Especialidades Odontológicas na Policlínica Zona Norte como, por exemplo, para tratamento de canal.

Para gestantes, há um acompanhamento especial que vai da gravidez até o bebê completar 1 ano. Nele, a mãe é instruída sobre a saúde bucal dela e do filho, e assim garante o desenvolvimento adequado da saúde da criança.

Quem trabalha o dia e tem dificuldades com os horários, existem duas unidades da Unidade Básica de Saúde Amiga do Trabalhador (Ubsat), uma no Jardim Quebec e outra na Zona Sul. Nelas, o atendimento é até as 21h30.

No caso de pacientes acamados ou em condições de saúde especial, há a possibilidade do atendimento domiciliar para tratamento odontológico. Nesse caso, o responsável deve solicitar o serviço junto à UBS na qual está cadastrado.

  • Mais informações, procure a UBS mais próxima ou ligue na secretaria de Saúde de Maringá, pelo telefone (44) 3218-3100.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.