Carroça invade a contramão na BR-376 entre Sarandi e Marialva e provoca acidente. Veja o flagrante registrado pela concessionária Viapar

Por: - 19 de janeiro de 2018
Carroça invadiu a contramão na BR-376, entre Sarandi e Marialva. Câmera da Viapar registrou o acidente / Reprodução

Por volta do meio dia desta sexta-feira (19/1) um carroceiro invadiu a contramão no quilômetro 186 da BR-376, no trecho entre Sarandi e Marialva. A carroça atravessou a pista e acabou atingida por um carro. O acidente foi flagrado pela câmera de monitoramento da Viapar.

Antes da colisão lateral com o automóvel, o condutor chegou a ser alertado por um motociclista. Apesar do choque, ninguém ficou ferido. O carroceiro e a acompanhante deixaram o local. O cavalo e a carroça foram encontrados depois no canteiro da pista.

Um caminhão boiadeiro da Viapar foi acionado minutos depois.  O animal será encaminhado à Sociedade Protetora dos Animais de Paranavaí (SPAP).

Lá os animais apreendidos são cadastrados e ficam a disposição do proprietário por 10 dias, prazo para a retirada mediante comprovação de propriedade e pagamento de taxas. Caso isso não aconteça, o animal fica a disposição da entidade para ser leiloado.

Segundo a Viapar, o trecho entre Sarandi e Marialva, entre os quilômetros 184 e 189, e o trecho da BR-376 de Nova Esperança a Paranavaí, entre os quilômetros 135 e 102 são os que apresentam os maiores índices de animais soltos.

Em 2017 foram registrados 16 acidentes com animais

Em 2017, foram registrados pela concessionária 16 acidentes e 78 animais foram apreendidos. Para a realização deste trabalho a concessionária conta com nove inspeções de tráfego [que fazem ronda 24 horas por dia] e quatro caminhões boiadeiros.

Ao todo, são 81 agentes de tráfego para verificação e monitoramento das rodovias. Durante todo o dia os operadores do Centro de Controle e Operações (CCO) da empresa recebem as informações e encaminham os recursos mais próximos para que animais não venham a oferecer riscos aos usuários.

Lembrando que, anualmente, estes profissionais recebem treinamento para apreender a capturar bois e cavalos de forma rápida e segura.

A Viapar também realiza campanhas de conscientização com os pecuaristas entregando cartilhas que ensinam como consertar e manter as cercas em ordem, além de informar sobre os deveres de cada criador.

Veja o flagrante do acidente com a carroça

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.