PSS abre 10 mil vagas a professores para a rede estadual de ensino. Inscrições se encerram no dia 12 de janeiro

Por: - 3 de janeiro de 2018
Matrículas na rede estadual também vão ser feitas pela internet / Hedeson Alves/SEED

Estão abertas as inscrições do Processo Seletivo Simplificado (PSS) da Secretaria de Estado da Educação. Serão contratados dez mil professores, pedagogos, tradutores e intérpretes de Libras, a Língua Brasileira de Sinais.

As inscrições são gratuitas e se encerram no dia 12 de janeiro. Os profissionais aprovados irão atuar nas escolas da rede pública estadual e em escolas de educação especial que possuem convênio com a Secretaria da Educação.

A classificação será divulgada no final de janeiro, com a antecedência necessária para a distribuição de aulas, que será feita no início de fevereiro.

As aulas de 2018 na rede estadual começam em 19 de fevereiro, logo após Carnaval, mas os professores iniciam as atividades nos 15 e 16 de fevereiro, quando irão ocorrer as  capacitações da Semana Pedagógica do primeiro semestre letivo.

O PSS consiste em prova de títulos referente à escolaridade, tempo de serviço e aperfeiçoamento funcional. Os profissionais serão divididos entre os 32 Núcleos Regionais de Educação, conforme a necessidade de cada regional.

Salário do PSS para 40 horas é de R$ 3,2 mil

Para 2018, o edital do exame de seleção do PSS prevê remuneração de R$ R$ 3.281,20 para 40 horas de trabalho. A remuneração total agrega o auxílio-transporte, que também é depositado em dinheiro. Atualmente, o benefício é de R$ 826,00.

O valor é equivalente a R$ 37,55 por dia (para 22 dias úteis por mês) e é pago mesmo durante férias, recesso e licenças, 13º salário e terço de férias.

O Governo do Paraná também assegura 37,5% da jornada para a hora-atividade e para realização de tarefas extraclasse.

O valor R$ 3,2 mil é superior ao piso nacional do magistério para 2018, de R$ 2,4 mil.

Para um professor concursado, que inicia carreira no Estado do Paraná, a remuneração é de R$ 3,6 mil (sendo R$ 2,8 mil de salário e R$ 826 de auxílio-transporte).

A remuneração média do magistério é próxima a R$ 5,2 mil na rede estadual e para os profissionais no topo da carreira a remuneração média se aproxima de R$ 15 mil.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.