Maringá terá 40 radares de controle de velocidade em funcionamento até o dia 30 de janeiro. Equipamentos antigos começam a ser retirados

Por: - 20 de dezembro de 2017
Funcionário da empresa vencedora da licitação dos novos radares de velocidade no trabalho de instalação do equipamentos / Cary Bertazzoni/PMM

O cronograma de instalação dos novos radares de controle de velocidade em Maringá prevê que até o dia 30 de janeiro de 2018 todos os 40 pontos de fiscalização estejam em funcionamento. Nesta quarta-feira (20/12) os equipamento antigos começaram a ser retirados e, nos primeiros dias de janeiro, os novos radares começam a ser implantados.

“A empresa garantiu que até o dia 15 de janeiro, todos equipamentos estarão instalados”, explicou o diretor administrativo e secretário interino de Mobilidade Urbana, Edson Paliari. Depois, será necessário fazer a aferição dos equipamentos, procedimento que é realizado pelo Instituto de Pesos e Medidas (Ipem).

“No dia 16 de janeiro damos início ao processo de aferição. Serão verificados de quatro a cinco equipamentos ao dia. E, conforme houver a liberação, os equipamentos começam a funcionar. Com isso, até o final de janeiro, todos os 40 pontos estão em funcionamento”, afirmou.

Diferente dos antigos equipamentos, os novos radares têm tecnologia que permite por meio de leitura de placas a identificação de veículos furtados e envio das informações para as forças de segurança pública.

Serão 40 pontos de radares que farão o monitoramento de 80 faixas de rolamento, doze pontos a mais do que havia na cidade. A empresa informou que 22 radares já foram fabricados e estão prontos para serem instalados.

“A empresa que venceu a licitação começou a trabalhar logo após a assinatura da ordem de serviço. Além da fabricação e instalação dos radares, eles já começaram a contratar os serviços de internet para ligar os equipamentos à central de controle”, disse Paliari.

Localização dos novos radares de velocidade de Maringá

Os 40 radares fixos que serão instalados irão captar imagens em duas faixas por ponto. Os locais foram definidos de acordo com estudos sobre o excesso de velocidade praticado por motoristas e motociclistas e constam do edital de licitação.

Avenida Tuiuti, 2747

Avenida Morangueira, 3236

Avenida Morangueira, 3520

Avenida Doutor Alexandre Rasgulaeff, 4282

Avenida Doutor Alexandre Rasgulaeff, 5487

Avenida Horácio Raccanello Filho, 3965

Avenida Horácio Raccanello Filho, 4995

Avenida Mandacaru, 886

Rua Vereador Arlindo Planas, 1723

Anel Viário Prefeito Sincler Sambatti (Contorno Sul), 10855

Anel Viário Prefeito Sincler Sambatti (Contorno Sul), 8258

Anel Viário Prefeito Sincler Sambatti (Contorno Sul), 8109

Anel Viário Prefeito Sincler Sambatti (Contorno Sul), 5522

Anel Viário Prefeito Sincler Sambatti (Contorno Sul), 5522 (sentido oposto)

Avenida Senador Petrônio Portela, 378

Avenida Arquiteto Nildo Ribeiro da Rocha, 928

Avenida Arquiteto Nildo Ribeiro da Rocha, 1.069

Avenida Arquiteto Nildo Ribeiro da Rocha, 2468

Avenida Arquiteto Nildo Ribeiro da Rocha, 3211

Avenida Arquiteto Nildo Ribeiro da Rocha, s/n – altura do Conjunto Borba Gato

Avenida Cerro Azul, 1686

Avenida Juscelino Kubitschek, 169

Avenida Morangueira, 746

Avenida Morangueira, 971

Avenida Amorim Pedrosa Moleirinho (antiga Avenida Itororó), 449

Avenida Euclides da Cunha, 283

Avenida Doutor Luiz Teixeira Mendes, 2454

Avenida Dona Sophia Rasgulaeff, 1876

Avenida Dona Sophia Rasgulaeff, 1736

Avenida Alziro Zarur, 976

Avenida Kakogawa, 451

Avenida Mandacaru, 1767

Avenida Mandacaru, 1590

Avenida Duque de Caxias, 1421

Avenida Duque de Caxias, 1421 (sentido oposto)

Avenida Nóbrega, 105430

Avenida Joaquim Duarte Moleirinho, 1886

Avenida Doutor Gastão Vidigal, 865

Avenida Doutor Gastão Vidigal, 884

Avenida Franklin Delano Roosevelt, 1837

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.