Porta Aberta morre aos 79 anos, após dez dias internado na UTI do Hospital Santa Rita

Por: - 26 de setembro de 2017

O comunicador maringaense Antonio Ismael de Oliveira, mais conhecido como Porta Aberta, faleceu hoje (26/9) às 11h40, no Hospital Santa Rita, onde estava internado há dez dias.

Logo após a cirurgia para retirar um nódulo do pulmão, ele foi conduzido para a Unidade de Terapia Intensiva, onde faleceu. O comunicador completou 79 anos no último dia 21.

Meia hora antes do óbito, seu genro Fabrício Pires Machado postou um apelo no Facebook solicitando doação de sangue ao sogro, que deixa esposa, quatro filhos e quatro netos.

Porta Aberta fez sucesso no rádio e foi líder de audiência de televisão na região de Maringá na década de 1990, em programa que misturava tragédia e religiosidade.

Foi várias vezes candidato a vereador na cidade e, em 2000, chegou a ser candidato a vice-prefeito na chapa de João Ciofi. Nunca foi eleito.

Em 2012, também tentou uma vaga na Câmara de Marialva pelo PP, onde apresentava um programa de rádio. Fez 17 votos.

Antonio Ismael de Oliveira nasceu em Carmo do Rio Claro, Minas Gerais, no dia 21 de setembro de 1938.

O velório será na capela do Prever do Cemitério Parque, das 18h de hoje às 11h de amanhã, quando o corpo será cremado.

Em momento de descontração com o jornalista Agnaldo Vieira, em janeiro de 2011, Porta Aberta relembra os seus memoráveis bordões.

Conheça o plano de expansão do Maringá Post. Você pode dominar a mídia online da sua cidade. Saiba mais.